O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Resumos do UEFA Futsal EURO: Geórgia apurada, Azerbaijão trava Espanha

A estreante Geórgia garantiu um lugar nos quartos-de-final, mas a Espanha tem de esperar, depois de um emotivo empate com o Azerbaijão.

Thales festeja a vitória da Geórgia
Thales festeja a vitória da Geórgia SPORTSFILE

A Geórgia está nos quartos-de-final do UEFA Futsal EURO nesta que é a sua estreia em fases finais da prova, depois de bater a Bósnia e Herzegovina e somar a segunda vitória em dois jogos na prova, mas a Espanha viu a possibilidade de selar também ela desde já o apuramento no Grupo D travada por um empate 2-2 ante o Azerbaijão, em Groningen.

A Bósnia e Herzegovina, igualmente estreante, fica assim sem hipóteses de se apurar, com a Espanha a somar agora quatro pontos, no segundo lugar, mais três do que o Azerbaijão. O Grupo D tem a sua conclusão no sábado, com a Geórgia a medir forças com a Espanha em Groningen e o Azerbaijão a defrontar a Bósnia e Herzegovina no Ziggo Dome, em Amesterdão. Os outros grupos têm a sua decisão sexta-feira e sábado, com os quartos-de-final a arrancarem na segunda-feira.

Bósnia e Herzegovina 1-2 Geórgia

Resumo: Bósnia e Herzegovina 1-2 Geórgia
Resumo: Bósnia e Herzegovina 1-2 Geórgia

Contra a corrente de jogo, a Bósnia e Herzegovina ganhou vantagem quando Blago Gašpar tocou para o desvio de Nermin Kahvedžić ao segundo poste. A Geórgia, que tinha recuperado de dois golos de desvantagem para derrotar o Azerbaijão na primeira jornada, continuou a mandar no encontro, neste embate entre duas estreantes em fases finais, mas não conseguiu marcar no primeiro tempo, muito por culpa do guarda-redes bósnio, Darko Milanović, que tinha falhado a derrota com a Espanha, na jornada inaugural, devido a castigo.

Porém, numa das suas habituais saídas da baliza para participar no ataque da sua equipa, was when Milanović permitiu que a Geórgia chegasse ao empate, aos 25 minutos, com Thales a aproveitar uma bola perdida para atirar para o fundo das redes deserta, ainda de antes do meio-campo. Pouco tempo depois, a Geórgia chegou mesmo à cambalhota no marcador e à vitória, quando Vilian cruzou para Petry Branco fazer o 2-1 final. Uma vitória que, depois de, horas mais tarde, valeu o apuramento, face ao empate entre Espanha e Azerbaijão.

Thales, autor de um dos golos da Geórgia: "Estou muito satisfeito com esta nossa segunda vitória! Este torneio é um grande desafio para a Geórgia e trabalhámos muito para aqui chegar. Estou sem palavras. ...Sempre que falo com a minha mulher ela diz-me que estou a praticar o melhor futsal da minha carreira nesta prova e penso que isso se deve ao facto de ter mais experiência e continuar sempre a aprender mais a cada jogo." 

Estatística-chave: A Geórgia é a primeira estreante a vencer os seus dois primeiros jogos numa fase final desde o Azerbaijão, em 2010.

Espanha 2-2 Azerbaijão 

Resumo: Espanha 2-2 Azerbaijão
Resumo: Espanha 2-2 Azerbaijão

O Azerbaijão sabia que não podia perder para se manter na corrida pelos quartos-de-final e depois de resistir à pressão inicial da Espanha acabou por ganhar vantagem graças a um autogolo de Sergio Lozano, pressionado por Isa Atayev. A Espanha não tardou a restabelecer a igualdade, com Ortiz a encontrar Raúl Gómez para um forte e certeiro disparo, mas o Azerbaijão voltou à liderança. Vassoura lançou Atayev, que bateu Didac Plana.

A Espanha, contudo, não perde um jogo nos 40 minutos em Europeus de Futsal desde uma derrota ante a Itália e m 2005 (num jogo da fase de grupos em que já estava apurada) e voltou a não perder. Mellado e Cecilio acertaram nos postes da baliza do Azerbaijão no arranque da segunda parte, antes de Lozano, com um potente remate, fazer o 2-2. O Azerbaijão ainda ficou perto de voltar a marcar perto do fim, mas não marcou e para se apurar terá agora de derrotar a Bósnia e Herzegovina na última jornada e esperar que a já apurada Geórgia vença a Espanha. Já à Espanha basta-lhe o empate na última jornada, frente à Geórgia, para carimbar o passaporte para os quartos-de-final.

Estatística-chave: Esta foi a primeira vez que o Azerbaijão não perdeu frente à Espanha, em seis encontros entre as duas selecções.