O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

UEFA e futsal: Cronologia

Estudamos o desenvolvimento da modalidade na Europa ao longo de três décadas de crescimento empolgante.

UEFA via Getty Images

O UEFA Futsal EURO 2022 será a maior edição do torneio até agora, a primeira a contar com 16 equipas na fase final e a primeira a ter 50 das 55 federações nacionais da UEFA, com uma nova fase de grupos de qualificação em casa e fora.

É um momento importante para a modalidade na Europa, mas a sua popularidade não surgiu da noite para o dia.

Portugal venceu o primeiro título em 2018, na Eslovénia
Portugal venceu o primeiro título em 2018, na EslovéniaUEFA via Sportsfile

As origens do futsal remontam a 1930, quando foi inventado pelo professor uruguaio Juan Carlos Ceriani em resposta à contínua inundação de campos ao ar livre durante a estação chuvosa do país, que impedia os seus alunos de jogar futebol por longos períodos.

Longe de ser uma simples derivação do futebol praticado num pavilhão, o futsal foi concebido como um desporto totalmente novo, inspirando-se no basquetebol (no número de jogadores), no andebol (o campo), no pólo aquático (o papel do árbitro) e, claro, no futebol.

O jogo ganhou popularidade na América do Sul, com a Europa a oferecer alguma resistência - uma versão futebol de salão tornou-se popular na União Soviética na década de 1950, mas foi somente na década de 1970 que o futsal chegou à Europa Ocidental, com imigrantes sul-americanos a legar a modalidade até Portugal e Espanha.

Futsal EURO: Grandes golos na final
Futsal EURO: Grandes golos na final

Em 1974, o Comité Executivo da UEFA estabeleceu um Comité de Futebol de Salão Masculino e Feminino numa tentativa de padronizar o desporto, que estava a ser disputado em dois formatos diferentes – tanto de cinco como de oito – em campos de tamanhos diferentes, com vários tipos diferentes de bola e com regras diferentes sobre se a bola pode ser jogada contra as tabelas ou não. Os esforços da UEFA não tiveram impacto imediato e o comité foi dissolvido em 1978 – um desporto para o qual foram organizadas competições nacionais em apenas cinco países europeus não era então uma prioridade.

Em 1989, a FIFA organizou o seu primeiro Campeonato Mundial de Futsal (mais tarde renomeado Campeonato do Mundo de Futsal da FIFA) nos Países Baixos, com a UEFA a assumir a responsabilidade pela competição europeia de qualificação para a edição de 1992. Dois mini-torneios, com cinco equipas cada, aconteceram em Espanha e em Itália.

A Espanha venceu o primeiro UEFA Women's Futsal EURO em 2019
A Espanha venceu o primeiro UEFA Women's Futsal EURO em 2019

Em 1993, apenas 13 das federações-membro da UEFA organizaram campeonatos nacionais de futsal, mas por iniciativa do membro do Comité Executivo, Ángel María Villar Llona, presidente da Real Federação Espanhola de Futebol, foi enviado um questionário a todas as federações para estabelecer uma imagem do estado do futsal na Europa.

No Outono de 1995, a UEFA organizou a qualificação europeia para o Campeonato do Mundo de Futsal de 1996, bem como um torneio por convite em Córdoba, Espanha, para as melhores equipas do continente. Esta seria a génese do moderno UEFA Futsal EURO de hoje, e onde retomamos a linha temporal dos eventos que nos leva até aos dias de hoje.

Ontem e hoje: o crescimento do futsal na Europa

Réssia e Espanha na estreia da competição de futsal da UEFA, em 1996
Réssia e Espanha na estreia da competição de futsal da UEFA, em 1996

1996-2009: Primeiros tempos

1996 O torneio inaugural de futsal da UEFA realiza-se em Córdoba, em Janeiro, e conta com seis das melhores selecções europeias. De início entraram 17 países, divididos em três grupos de qualificação, com o primeiro jogo a ocorrer a 23 de Outubro de 1995, com a Ucrânia a vencer a Jugoslávia por 9-5. Bélgica, Países Baixos, Rússia, Itália e Ucrânia juntam-se à anfitriã Espanha, que conquistou o título após uma vitória por 5-3 frente à Rússia na final. O torneio é considerado um sucesso e, em 1997, o Comité Executivo da UEFA optou por introduzir um Campeonato da Europa de Futsal em grande escala, a ser disputado de dois em dois anos. 1999 O primeiro campeonato oficial acontece em Granada, Espanha. A Rússia conquistou o título após desempate por penáltis frente aos anfitriões, depois de um empate a três golos. Konstantin Eremenko marcou 11 golos na fase final, um recorde que ainda se mantém. Ao todo, 25 países participaram na qualificação, com a fase final a ter oito equipas – número que se manterá até 2010. 2001 A Espanha triunfa por 2-1 sobre a Ucrânia na final do Campeonato da Europa de Futsal, disputada em Moscovo em Fevereiro. Com nove competições europeias não oficiais de clubes a decorrer em todo o continente, o Comité Executivo da UEFA aprova um pedido para o lançamento da sua própria competição europeia de clubes. E assim nasce a Taça UEFA de Futsal, com clubes de 27 países diferentes a disputarem a prova inaugural em 2001/02. O torneio termina com uma fase final em Lisboa, que junta as oito melhores equipas, em Fevereiro de 2002. Os espanhóis do Playas de Castellón conquistam o título, derrotando os belgas do Action 21 Charleroi na final. 2003 A Itália delicia os adeptos da casa em Caserta com uma vitória por 1-0 sobre a Ucrânia na final da prova de selecções, enquanto a Taça UEFA de Futsal altera o seu formato com a introdução de uma final a duas mãos. O Playas de Castellón defende o título frente ao Charleroi e volta a vencer. 2005 Um total de 29 nações entram na qualificação para o Campeonato da Europa de Futsal da UEFA. A Espanha, que conquistou o seu segundo Campeonato do Mundo consecutivo, em 2004, reconquista o título continental em Ostrava, graças a uma vitória por 2-1 sobre a rival Rússia. 2007 Pela primeira vez, 40 clubes entram na Taça UEFA de Futsal, com uma nova fase final a quatro equipas, que conta com os cabeças-de-série Inter, Dynamo, Charleroi e Múrcia, que tinham sido dispensados da Ronda de Elite. Os russos do Dynamo triunfam de forma emocionante frente ao campeão espanhol Inter na final, organizada pelo Murcia. A nível de selecções, a Roménia, que só havia introduzido o futsal em 2003, surpreende ao alcançar a fase final. A Espanha mostra categoria e revalida o título em Portugal, onde o torneio é dos programas mais vistos na televisão, com com uma audiência geral de 11,7 milhões, sendo que 4,4 milhões assistiram no país anfitrião. Isso leva a um aumento na receita comercial e de marketing para torneios futuros. 2008 Um torneio experimental de Futsal Sub-21 da UEFA, com oito equipas, é realizado em São Petersburgo e ganho pela anfitriã Rússia.

Futsal EURO: Guarda-redes goleadores
Futsal EURO: Guarda-redes goleadores

2010-2016: Modalidade ganha força

2010 O Campeonato Europeu de Futsal muda para Janeiro ou Fevereiro dos anos pares, onde há uma vaga no calendário da UEFA, e é alargado para 12 equipas, com jogos ocorrendo em duas cidades do país anfitrião pela primeira vez. Budapeste e Debrecen, na Hungria, recebem a ação, com um inovador piso negro a captar a atenção dos espectadores. Uma coisa que não muda é o domínio espanhol, com Portugal, aa emergir na modalidade a perder por 4-2 na final. A fase de qualificação foi disputada por 38 equipas, demonstrando o crescimento gradual do futsal na Europa, com Azerbaijão e Bielorrússia a estrearem-se numa fase final da UEFA. 2012 A anfitriã Croácia não se qualificava desde 2001, mas chegou às meias-finais de forma emocionante, estabelecendo três vezes o recorde de público do torneio – 14.300 pessoas assistiram à derrota frente à Rússia nas meias-finais, em Zagreb. Apesar de ter estado a 34 segundos de ser eliminada, a Espanha continuou a não ter rival à altura, dando a volta e somando o seu quarto título consecutivo. O número total de inscritos chegou a 43 países. 2014 O domínio da Espanha foi interrompido pela Itália, que se sagrou campeã europeia em Antuérpia após bater a Rússia. 2016 A fase final do UEFA Futsal EURO, na Sérvia, regista um recorde de 129 golos, com dez marcados numa final que permite à Espanha recuperar o título com uma vitória por 7-3 sobre a Rússia. Cinco dos dez dias com dois jogos registam lotação esgotada, com um total de 113.820 espectadores. O Cazaquistão, estreia no torneio da UEFA, é a equipa surpresa, terminando no terceiro lugar. A fase de qualificação é disputada por 46 equipas, enquanto a Taça UEFA de Futsal conta com 50 clubes pela primeira vez.

O melhor do Futsal EURO 2018
O melhor do Futsal EURO 2018

 

2017 em diante: Mudanças significativas

2017 No dia 4 de Abril, o Comité Executivo da UEFA aprova uma série de alterações que vão revolucionar o futsal na Europa – incluem o lançamento do primeiro UEFA Women's Futsal EURO e a mudança de nome da Taça UEFA Futsal, que passa a denominar-se UEFA Futsal Champions League em 2018/ 19. Na altura, apenas sete países têm seleções femininas seniores e 30 nações não possuem jogadoras de futsal registadas, mas rapidamente aceitarão o desafio de desenvolver a modalidade a nível interno. É também anunciado o EURO de Futsal Sub-19, que se realizará de dois em dois anos e terá uma fase final com oito equipas. Isto abre caminho para que o UEFA Futsal EURO seja agora realizado num ciclo de quatro anos. 2018 Portugal sagra-se finalmente campeão europeu, liderado pelo icónico Ricardinho, que na sua quinta fase final do Futsal EURO marca sete golos, elevando a conta pessoal no torneio para 22, um recorde. É eleito Jogador do Torneio após o triunfo de Portugal sobre a vizinha Espanha por 3-2 em Ljubljana, após prolongamento. 2019 O primeiro título da UEFA Futsal Champions League também segue para Portugal, com o Sporting CP a terminar uma série de derrotas na final ao bater o anfitrião Kairat Almaty. No entanto, Portugal perde na primeira edição do Women's Futsal EURO, onde foi anfitrião da fase final a quatro equipas, realizada em Gondomar. Perde o duelo ibérico com a Espanha, enquantoa Rússia supera a Ucrânia na luta pelo terceiro lugar. Vinte e três nações entraram na qualificação. Em Setembro, a Espanha tornou-se no primeiro vencedor do EURO de Futsal Sub-19, ao bater a Croácia por 6-1 na final em Riga. 2020 O início da pandemia de COVID-19 obriga à suspensão e adiamento da acção. Em Junho, é anunciado que o segundo EURO Futsal Feminino é adiado por 12 meses, até Março de 2022 – a prova regressa a Gondomar. Apesar das restrições em vigor para evitar a propagação do vírus, a UEFA consegue organizar o Futsal Champions League em Outubro, ainda que à porta fechada. O anfitrião Barça vence a primeira final totalmente espanhola, derrotando o Murcia por 2-1. 2021 A pandemia obriga a uma mudança de formato para a edição 2020/21 da Champions League, com eliminatórias a uma só mão e originando uma fase final alargada, com oito equipas e à porta fechada, em Zadar, na Croácia. Os dois vencedores anteriores chegaram à final e o Sporting recupera de uma desvantagem de dois golos ao intervalo para vencer o Barça por 4-3. 2022 Este ano será o mais importante na história do futsal europeu. Pela primeira vez, o UEFA Futsal EURO incluiu 16 equipas na fase final. Desses 16, quatro – Bósnia e Herzegovina, Finlândia, Geórgia e Eslováquia – foram estreantes. Portugal revalidou o título após recuperar de uma desvantagem de dois golos para bater a Rússia na final, por 4-2. O UEFA Women's Futsal EURO regressa a Gondomar no início de Julho. No final da Primavera, a Futsal Champions League vai ver Sporting, Barça, Benfica e ACCS Asnières Vileneuve 92 medirem forças na Arena Riga, na Letónia. O EURO de Futsal Sub-19 também regressa em 2022, com a fase final marcada para Jaén, Espanha, em Setembro.