O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Embaixador: Dejan Stanković

Dejan Stanković foi apresentado como embaixador da fase final do EURO Futsal 2016, a decorrer de 2 a 16 de Fevereiro, em Belgrado, na Sérvia.

Embaixador: Dejan Stanković
Embaixador: Dejan Stanković ©Srdjan Stevanovic
Dejan Stanković da linha de meio-campo...

Data de nascimento: 12 de Setembro de 1978
Selecções: Jugoslávia, Sérvia e Montenegro, Sérvia
Carreira como jogador: Crvena zvezda, Lázio, Internazionale Milano

• No Estrela Vermelha desde os 13 anos, o médio Stanković, nascido em Belgrado, passou pelos diversos escalões de formação do clube juntamente com Nikola Lazetić e Nenad Lalatović, sob orientação de Vladimir Petrović.

• Stanković estreou-se pela equipa principal a 11 de Fevereiro de 1995, frente ao OFK Beograd, e rapidamente se tornou presença assídua, sendo escolhido como capitão na época 1997/98, quando ainda era adolescente. Conquistou duas Taças da Jugoslávia com o Estrela Vermelha.

• Em 1998, Stanković transferiu-se para a Lázio e marcou na sua estreia na Serie A, frente ao Piacenza. Com a alcunha de "Dragão", foi elemento fundamental na equipa que ganhou a Taça dos Clubes Vencedores de Taças e a SuperTaça Europeia, em 1999, bem como a "dobradinha" italiana na temporada seguinte.

• Mudou-se para o Inter em Janeiro de 2004, permanecendo no conjunto milanês até ao fim da carreira, em 2012, juntando ao seu palmarés cinco títulos da Serie A, quatro Taças de Itália, uma UEFA Champions League e o Campeonato do Mundo de Clubes, estes dois últimos em 2010. Ganhou o hábito de marcar golos espectaculares, contabilizando mais de 100 pelos clubes onde jogou.

• Stanković somou 103 internacionalizações, um recorde sérvio, durante uma carreira onde representou três selecções diferentes na fase final do Campeonato do Mundo – Jugoslávia em 1998 (igualmente no UEFA EURO 2000), Sérvia e Montenegro em 2006, e Sérvia em 2010.

• Stanković retirou-se a 11 de Outubro de 2013, com um jogo de homenagem frente à Argentina. Tornou-se treinador-adjunto da Udinese em 2014 e presentemente é director-desportivo da equipa principal do Inter.