O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Portugal arranca com jogo histórico

“Não podemos falhar”, diz Jorge Braz numa altura em que Portugal prepara o arranque da qualificação para o Futsal EURO 2016, ante a Geórgia, no 100º jogo oficial da selecção.

Jorge Braz vai tentar apurar Portugal para o sétimo Futsal EURO seguido
Jorge Braz vai tentar apurar Portugal para o sétimo Futsal EURO seguido ©Sportsfile

Portugal inicia hoje, em Calarasi, na Roménia, a participação no Grupo 7 de qualificação para o UEFA Futsal EURO 2016 e o seleccionador Jorge Braz é peremptório: “Não podemos falhar.” Para João Matos, o conjunto lusitano "é favorito".

A tentar a sétima presença consecutiva na fase final do Futsal EURO, a selecção portuguesa, quarta classificada em 2014, estreia-se esta quarta-feira diante da Geórgia num confronto histórico – será o 100º jogo oficial de Portugal –, isto antes de defrontar o Cazaquistão no dia seguinte e os anfitriões na sexta-feira.

Os vencedores dos sete grupos irão juntar-se à anfitriã Sérvia na fase final, a decorrer entre 2 e 13 de Fevereiro de 2016, enquanto os sete segundos classificados, mais o melhor terceiro posicionado, disputarão o “play-off” a 15 e 22 de Setembro de 2015 (sorteio a 10 de Junho). Os vencedores dessa eliminatória a duas mãos completarão o quadro de 12 países na fase final.

Jorge Braz, seleccionador de Portugal
O grande objectivo é a qualificação, como é evidente. Estamos claramente focados para carimbar o passaporte para o Europeu. Chegámos à fase em que não podemos falhar e queremos muito estar novamente numa fase final. O primeiro jogo é sempre importante. Em três jogos qualquer deslize pode comprometer o objectivo e não queremos nada disso, não queremos deslizar em sentido nenhum.

É um número muito engraçado, o de 100 jogos oficiais. Mas sobretudo queremos muito ter os três pontos porque será importantíssimo iniciar bem a qualificação. Há marcas que são importantes mas não nos podem desviar do grande objectivo.

João Matos, fixo do Sporting
Temos quase a obrigação de participar na fase final. Temos a noção do nosso valor e das dificuldades que vamos encontrar, mas Portugal é favorito, sem dúvida.

[100 jogos] É um marco histórico que também nos motiva. Além de querermos garantir depressa a presença no Europeu, com uma vitória logo a abrir, queremos ter uma exibição perfeita nesse dia.

Ricardinho é a estrela de Portugal
Ricardinho é a estrela de Portugal©Sportsfile

Convocados de Portugal
AD Fundão: Mário Freitas;
FK Nikars Riga: Arnaldo;
Inter FS: Cardinal e Ricardinho;
SC Braga: Fábio Cecílio, Tiago Brito e Vítor Hugo;
SL Benfica: Bebé e Bruno Coelho;
Sporting Clube de Portugal: André Sousa, Djô, João Matos, Paulinho e Pedro Cary.