Europeu de Futsal em números

As assistências de Ricardinho, os golos de Eder Lima, o fim dos 3276 dias de invencibilidade da Espanha: o UEFA.com reúne os números antes da final de sábado, em Antuérpia.

Europeu de Futsal em números
©Sportsfile

0 A Ucrânia foi a primeira equipa de sempre a não sofrer um único golo na fase de grupos, sendo que o seu número de tentos marcados, apenas um, igualou igualmente o pior registo na prova.

1 Número de finais anteriores disputadas sem a presença da Espanha – quando a Itália bateu a Ucrânia, por 1-0, em 2003.

2 A Rússia ou a Itália irão conquistar o seu segundo título, com os seus triunfos em 1999 e em 2003, respectivamente, a constituírem as únicas vitórias na prova para além da Espanha.

3 Mais golos marcados num único jogo, com o esloveno Gašper Vrhovec a consegui-lo contra o Azerbaijão e o russo Eder Lima frente à Roménia.

4 Número de títulos do UEFA Futsal EURO conquistados pelo capitão da Espanha, Torras – um registo que irá manter, a um dos seus antigos colegas de selecção, Luis Amado and Kike.

5 O maior número de assistências para golo no torneio pertence ao português Ricardinho, que também lidera no capítulo dos remates para fora, com 14.

6 Nenhuma equipa conseguiu somar o máximo de seis pontos na fase de grupos; apenas a Holanda perdeu os dois jogos.

7 Os golos marcados pelo pivot russo Eder Lima nesta fase final, por sinal um registo que apenas foi batido por um homem – o seu já falecido compatriota Konstantin Eremenko, que conseguiu oito em 1996 e 11 três anos mais tarde.

8 Torneios em que a Itália eliminou Portugal (esta é a sua 11ª participação).

9 Jogadores presentes na final que participaram anteriormente no jogo decisivo: o italiano Saad Assis, que perdeu ante a Espanha em 2007, e os russos Gustavo, Sergei Sergeev, Sergei Abramov, Nikolai Pereverzev, Pula, Cirilo, Aleksandr Fukin e Ivan Milovanov, derrotados há dois anos.

10 Número de jogadores do anfitrião da Taça UEFA de Futsal, o Araz Naxçivan, na selecção do Azerbaijão, sendo que ambas as equipas são treinadas por Alesio.

13 Número de golos sofridos pelo Azerbaijão nos seus dois jogos na fase de grupos – tal como tinha acontecido na Croácia, há dois anos.

20 O triunfo da Rússia contra a Espanha foi o seu primeiro em 20 embates (tirando o desempate por penalties na final de 1999).

21 Golos marcados nos últimos cinco minutos dos jogos, exactamente 20 por cento de um total de 105.

40 Os segundos que foram precisos para a Rússia passar a vencer por 2-1, deixar-se empatar a 2-2 e liderar novamente por 3-2 contra a Espanha nas meias-finais.

61 Número de diferentes jogadores que marcaram na fase final (não contando com os autogolos), incluindo dez da Espanha.

66 Segundos a faltarem para o fim do prolongamento quando  Robinho marcou o golo da vitória da Rússia frente à Espanha, nas meias-finais.

105 Golos marcados por Joel Queirós ao serviço de Portugal – precisa de dois no jogo de atribuição do terceiro lugar, ante a Espanha, para igualar o recorde na posse de André Lima.

141 Jogos desde que a Espanha perdeu pela última vez ao cabo de 40 minutos (11 de Dezembro de 2005, 2-1 num amigável ante o Brasil) – foi preciso um golo tardio de Miguelín para preservar esse registo contra a Rússia, isto apesar da derrota no prolongamento.

3276 Dias entre a derrota da Espanha contra a Rússia e o seu anterior desaire ante uma selecção europeia: 3-1 na fase de grupos do UEFA Futsal EURO 2005, frente à Itália, a 17 de Fevereiro desse ano.

66.063 Total de espectadores nos 18 jogos já disputados, com mais de 13.000 bilhetes já vendidos para a final.

VER TODAS AS ESTATÍSTICAS DO UEFA FUTSAL EURO 2014

Topo