Bonder coloca Ucrânia na próxima fase

Hungria 3-6 Ucrânia
Dmytro Bondar bisou e fez uma assistência em momentos cruciais, ajudando ao apuramento da Ucrânia e ao afastamento da Hungria.

Hungary 3-6 Ukraine
  • Dymtro Bondar bisa e assiste no triunfo que apura a Ucrânia, juntamente com a Espanha
  • Hungria é várias vezes frustrado na tentativa de recuperar da desvantagem, acabando eliminada
  • Húngaro Zoltán Dróth marca dois golos pelo segundo jogo consecutivo e lidera a lista de melhores marcadores do torneio, com quatro
  • Veja resumos dos jogos a partir das 23h00 (hora de Portugal Continental)
  • Sábado: Ucrânia - Espanha (17h30) – vai decidir o primeiro lugar do Grupo B

Dymtro Bondar bisou, um dos golos a acontecer num momento de brilhantismo individual, e ajudou a Ucrânia a apurar-se para os quartos-de-final do UEFA Futsal EURO 2016, juntamente com a Espanha, ao mesmo tempo que eliminou a Hungria.

A Ucrânia teve um óptimo início de jogo quando Dmytro Sorokin roubou a bola na área húngara e atirou a contar, enquanto aos sete minutos Dymtro Bondar fez o 2-0, recebendo a bola no peito de costas para a baliza, virando-se e rematando para o fundo das redes. Tal como tinha acontecido frente à Espanha, Zoltán Dróth reduziu para a Hungria quase de seguida, para delírio dos seus adeptos incansáveis. No entanto, Bondar mostrou classe e técnica para assistir Denys Ovsyannikov, e apesar de a Hungria ter reduzido para 3-2 e 4-3, com uma assistência e outro golo de Dróth, nos instantes finais a Ucrânia distanciou-se no marcador.

Chave do jogo
O trabalho de Dmytro Bondar e a sua tranquilidade fizeram a diferença em momentos cruciais, no caso fazendo o 2-0 e o 4-2, bem como quando fez a assistência para o 3-1. Inclusive deu mais nas vistas do que Zoltán Dróth, com o novo reforço do Kairat Almaty a despedir-se da competição com quatro golos e uma assistência, com a Hungria, tal como em 2005 e 2010, a sair de cena sem qualquer ponto.

Ucrânia com registo invejável
Esta é a oitava edição consecutiva do UEFA Futsal EURO na qual a Ucrânia atinge os quartos-de-final, tendo vantagem sobre a Espanha nos golos marcados. Ambos sabem que vão defrontar Portugal ou a anfitriã Sérvia na próxima fase, na segunda-feira, resta apenas definir os dois embates.

Reacções:
Oleksandr Kosenko, seleccionador da Ucrânia  
Foi um excelente jogo, especialmente porque tratou-se do nosso primeiro nesta fase final. Contávamos conseguir um resultado positivo e foi isso mesmo que lográmos. Esperamos continuar a subir o nosso nível à medida que o torneio vai avançando, até porque este não é o nosso limite. Não procurámos defender, mas antes atacar, sendo que tivemos de lidar com a ameaça chamada Dróth. O mais importante é que vencemos.

Sito Rivera, seleccionador da Hungria
Perdemos contra a melhor equipa em campo. Hoje cometemos erros, mas em grande parte porque fomos obrigados a tal. Não conseguimos chegar ao nível de uma equipa muito boa. Eles controlaram muito bem o encontro e mereceram vencer. É um enorme sucesso ser tão importante para as pessoas da Hungria, porque este desporto ainda é muito amador lá. Estamos muito orgulhosos disso. Fiquei emocionado com os cerca de mil adeptos que vieram aqui, à semelhança das pessoas que já nos tinham apoiado no "play-off" contra a Roménia. Apenas com o apoio deles é que o futsal poderá ser um sucesso na Hungria.

Topo