Assistência recorde embala anfitriã Sérvia

Sérvia 5-1 Eslovénia
Os anfitriões estiveram a perder, mas deram a volta com quatro golos na segunda parte perante 11.000 espectadores.

Serbia 5-1 Slovenia
  • Bis de Mladen Kocić inspirou a anfitriã Sérvia para uma goleada por 5-1 no Grupo A
  • Assistência de 11.000 espectadores passa a constituir um recorde num jogo da fase de grupos
  • Resumo do encontro a partir das 23h00 (de Portugal Continental)
  • Próximos jogos do Grupo A: Eslovénia - Portugal (quinta-feira), Portugal - Sérvia (domingo)

A Sérvia, anfitriã do UEFA Futsal EURO 2016, entrou a ganhar no Grupo A (o mesmo de Portugal), para deleite dos 11.000 espectadores que marcaram presença na Arena Belgrade.

Um madrugador lance estudado de bola parada permitiu a Igor Osredkar inaugurar o marcador e silenciar os adeptos sérvios que esgotaram a Arena Belgrade, mas a sexta falta cometida pela Eslovénia não foi desperdiçada por Slobodan Janjić, cujo pontapé-livre directo restabeleceu a igualdade e lançou o delírio nas bancadas.

Mladen Kocić fez o 2-1 aos 36 segundos da segunda parte e a partir daí assistiu-se ao domínio completo por parte da formação sérvia, que ainda logrou mais três golos, por intermédio de Kocić, Slobodan Rajčević e Marko Pršić, este último num remate ainda do seu meio-campo, numa altura em que a Eslovénia já jogava com o guarda-redes avançado.

A chave
O remate certeiro, ainda que com alguma felicidade à mistura, de Mladen Kocić no arranque da etapa complementar, já para não falar na sua finalização plena de classe que valeu o 4-1.

Recorde de assistência
A lotação esgotada de 11.000 espectadores é um recorde para um jogo da fase de grupos do UEFA Futsal EURO e a quarta maior assistência de sempre na competição.

Eslovénia sob pressão
A Eslovénia, que iniciou a sua participação na edição de 2014 da prova com um triunfo sobre a Itália, selecção que viria a sagrar-se campeã, precisa agora de dar uma resposta perante Portugal, na quinta-feira, embora a tarefa seja tudo menos acessível...

Reacções:  
Mladen Kocić, jogador da Sérvia  
A Eslovénia é uma equipa muito disciplinada, pelo que não foi fácil. Ainda mais tendo em conta que jogámos abaixo daquilo que sabemos na primeira parte. Com este tipo de apoio não podemos mesmo perder. Esta enorme vitória vai, provavelmente, levar-nos até aos quartos-de-final.

Igor Osredkar, capitão da Eslovénia  
Não nos podemos queixar da nossa prestação na primeira parte. Mas depois disso… Não sei dizer bem o que se passou, mas talvez a nossa concentração não tenha sido a mesma. O golo que ditou o 2-1 destruiu a nossa estratégia e depois tudo correu mal. Jogar perante 11,000 espectadores é fantástico.

Topo