Irmãos Sorokin abatem Roménia

Os irmãos Dmytro e Oleksandr Sorokin combinaram para derrotar a apurada Roménia e o primeiro disse ao UEFA.com: "Vi que ele recebeu a bola, depois passou-ma e eu aproveitei."

Dmytro Sorokin (Nº9) logo após ter marcado aquele que viria a ser o golo decisivo
©Sportsfile

Dmytro Sorokin, marcador da Ucrânia
Jogo muitas vezes com o meu irmão. Vi que ele recebeu a bola, depois passou-ma e eu aproveitei a minha oportunidade. É óbvio que os nossos pais viram o jogo; eles viram tudo. Planeámos não jogar muito recuados e não deixá-los dispor de muitos remates à nossa baliza. Nem tudo correu bem, mas atingimos 70 por cento daquilo que planeámos. Vamos continuar a trabalhar em alguns aspectos para podermos prosseguir a nossa caminhada neste torneio. Contra a Bélgica, vamos tentar jogar melhor do que hoje.

Marian Șotărcă, defesa da Roménia
Jogámos muito bem, sendo que foi um jogo muito equilibrado entre duas boas equipas. Cometemos um grande erro e eles marcaram. Nos jogos equilibrados, normalmente a equipa que comete um erro acaba por perder. Infelizmente, fomos nós. Estamos felizes e um pouco tristes. Era nosso objectivo chegar aos quartos-de-final, mas estamos tristes porque perdemos.

Topo