Espanha e Itália vitoriosas, Noruega e Dinamarca marcam no fim

Espanha e Itália ganharam, enquanto Noruega e Dinamarca conseguiram empatar perto do final numa noite de grande emoções.

Moise Kean após marcar o quinto golo de Itália frente ao Liechtenstein
Moise Kean após marcar o quinto golo de Itália frente ao Liechtenstein ©Getty Images
  • Fabio Quagliarella estabelece recorde por Itália num triunfo fácil

  • Noruega e Dinamarca conseguem empates de forma emotiva
  • Álvaro Morata bisa no triunfo de Espanha sobre Malta

  • Consulte as classificações; próximos jogos em Junho
  • Veja os resumos a partir das 23h00 desta quarta-feira

GRUPO D

A Dinamarca conseguiu uma recuperação incrível
A Dinamarca conseguiu uma recuperação incrível©AFP/Getty Images

Suíça 3-3 Dinamarca
A Dinamarca marcou três golos nos minutos finais e conseguiu um empate notável. A equipa da casa dominou a primeira parte e adiantou-se com um golo de Remo Freuler. Granit Xhaka e Breel Embolo marcaram na segunda parte e parecia que o triunfo já não escaparia aos suíços. No entanto, Mathias Jørgensen e Christian Gytkjær marcaram num final frenético, com Henrik Dalsgaard a estabelecer o empate em período de compensação.

República da Irlanda 1-0 Geórgia
Conor Hourihane estreou-se a marcar pela selecção - com um soberbo livre directo na primeira parte- e permitiu que a Irlanda mantivesse um início de qualificação perfeito. Os visitantes estiveram perto de garantir um ponto no final do encontro, quando uma remate traiçoeiro de Jaba Kankava embateu no poste.

GRUPO F

Roménia 4-1 Ilhas Faroé
Claudiu Keșerü marcou dois golos que ajudaram a Roménia a somar a primeira vitória no Grupo F. Ciprian Deac abriu a contagem com o primeiro de três golos em oito minutos, com Keșerü a apontar os outros dois. Viljormur Davidsen fez o 3-1 de grande penalidade, mas foi George Pușcaș que definiu os números finais no marcador.

Noruega 3-3 Suécia
Ola Kamara fez o empate para a Noruega ao cair do pano e impediu que os rivais vencessem após uma sensacional reviravolta. Bjorn Johnsen e Joshua King deixaram os anfitriões a vencer por 2-0, mas Viktor Claesson fez os suecos acreditar, com o empate a surgir após um auto-golo de Håvard Nordtveit e Robin Quaison a consumar a reviravolta sueca. A última palavra pertenceu a Kamara, que marcou de cabeça aos 97 minutos.

Álvaro Morata marcou os dois golos de Espanha
Álvaro Morata marcou os dois golos de Espanha©AFP/Getty Images

Malta 0-2 Espanha
Álvaro Morata marcou um golo em cada parte e Espanha somou a segunda vitória em dois jogos na Qualificação Europeia. O avançado do Atlético vergou a resistência de Malta com um remate rasteiro depois de ultrapassada a meia-hora de jogo e apontou o segundo nos instantes finais, quando correspondeu de cabeça a um cruzamento perfeito de Jesús Navas.

GRUPO J

Os jogadores da Finlândia comemoram a vitória
Os jogadores da Finlândia comemoram a vitória©AFP/Getty Images

Arménia 0-2 Finlândia
A Finlândia somou os primeiros pontos no grupo graças a uma exibição eficaz em Ierevan. Fredrik Jensen deu vantagem aos visitantes aos 14 minutos, depois de Aram Airapetyan já ter negado o golo a Teemu Pukki. Os finlandeses confirmaram o triunfo após o intervalo, quando Pyry Soiri emendou um cruzamento de Robin Lod.

Itália 6-0 Liechtenstein
Quagliarella tornou-se no mais velho jogador a marcar por Itália, ao converter duas grandes penalidades no primeiro tempo do encontro com o Liechtenstein, que viu Daniel Kaufmann ser expulso ainda antes do intervalo por jogar a bola com a mão. Stefano Sensi inaugurou o marcador com o primeiro golo ao serviço da selecção italiana, antes de Marco Verratti marcar com um belo remate. Moise Kean e o estreante Leonardo Pavoletti também marcaram na segunda parte.

Bósnia e Herzegovina 2-2 Grécia
A Grécia esteve a perder por dois golos, mas conseguiu somar um ponto frente à Bósnia e Herzegovina, que terminou com dez jogadores. Edin Višća e Miralem Pjanić colocaram os anfitriões em vantagem, mas Kostas Fortounis sofreu e converteu uma grande penalidade. Pjanić foi expulso, antes de Dimitris Kolovos cabecear para o empate.

Topo