Israel termina contrato de Elisha Levy

Israel rescindiu com o seleccionador Elisha Levy, decorridos 18 meses de um contrato de dois anos, após a selecção ter terminado a fase de qualificação para o Mundial de 2018 no quarto lugar.

Elisha Levy durante um treino da selecção de Israel
Elisha Levy durante um treino da selecção de Israel ©AFP/Getty Images

Elisha Levy foi demitido do cargo de seleccionador de Israel, após a sua equipa ter terminado a fase de qualificação para o Campeonato do Mundo de 2018 no quarto lugar.

Contratado em Abril de 2016, num acordo válido por dois anos, Levy acabou por pagar o preço de derrotas caseiras com Albânia e ARJ da Macedónia no Grupo G, onde a Espanha foi primeira e a Itália segunda.

"Gostaria de agradecer a Levy pelo seu trabalho", disse Ofer Eini, presidente da Federação de Futebol de Israel (IFA). "Tivemos bons momentos mas também maus. Daremos ao próximo treinador todas as condições necessárias para ter sucesso".

Levy comentou: "Tive o privilégio de orientar a selecção israelita. Não me arrependo de ter aceite este cargo tão nobre e prestigiante. Penso que era complicado obter bons resultados num grupo tão difícil, mas fui avaliado com base nisso".

Topo