Cosmin Contra no comando da selecção da Roménia

O antigo defesa internacional Cosmin Contra foi apresentado como sucessor de Christoph Daum à frente da selecção da Roménia e aponta à qualificação do país para o UEFA EURO 2020.

Cosmin Contra é o novo seleccionador da Roménia
Cosmin Contra é o novo seleccionador da Roménia ©RĂZVAN PĂSĂRICĂ.

Cosmin Contra foi nomeado seleccionador da Roménia e assinou um contrato de dois anos para suceder a Christoph Daum.

O antigo defesa de 41 anos, que somou 73 internacionalizações pela Roménia entre 1996 e 2010, vai deixar o cargo de treinador do Dínamo Bucareste para assumir o comando da selecção. Contra recebe a Roménia no quarto lugar do Grupo E da Qualificação Europeia para o Campeonato do Mundo da FIFA de 2018 e fora da luta por um dos dois primeiros lugares, pelo que o principal objectivo dos romenos passa a ser o apuramento para o UEFA EURO 2020.

"É um sonho tornado realidade", explicou o antigo defesa-direito. "Espero não desiludir aqueles que apostaram em mim. Acredito no meu trabalho e no que transmito aos jogadores. Acredito plenamente que nos podemos qualificar para o EURO 2020 e regressar ao futebol de primeira linha."

Depois de ter representado clubes como Dínamo Bucareste, Milan, Atlético, Alavés e Getafe, Contra iniciou a carreira de treinador em 2010 e levou o Petrolul Ploieşti à conquista da Taça da Roménia em 2012/13, bem como o Dínamo a vencer a Taça da Liga da Roménia na época passada. A primeira missão no novo cargo será dirigir a Roménia nos últimos desafios da qualificação europeia, no próximo mês, frente ao Cazaquistão e a Dinamarca.

Topo