Bélgica apurada para o Mundial mas França chocada com nulo

Portugal venceu na Hungria numa noite em que a Bélgica se tornou na primeira selecção europeia a apurar-se para o Mundial, após bater a Grécia. Já a França não conseguiu vencer o Luxemburgo em casa.

Romelu Lukaku festeja o golo que colocou a Bélgica no Mundial 2018
Romelu Lukaku festeja o golo que colocou a Bélgica no Mundial 2018 ©Getty Images

O UEFA.com tem o resumo de todos os jogos; os de domingo estarão disponíveis a partir das 23 horas.

Grupo A

Holanda 3-1 Bulgária

Davy Pröpper bisou para a Holanda, que com este triunfo ultrapassou a Bulgária no terceiro posto do grupo. Daley Blind esteve nos dois primeiros golos, com Pröpper e Arjen Robben a finalizarem à boca da baliza para colocarem a selecção laranja firme na frente, mas Georgi Kostadinov, de cabeça, relançou o encontro. Pröpper perto do fim resolveu a contenda, de cabeça, com os holandeses a continuarem a três pontos da Suécia, com a Bulgária um ponto atrás.

©AFP/Getty Images

França 0-0 Luxemburgo

O poderoso ataque da França, cheio de enormes talentos, foi incapaz de bater o guardião Jonathan Joubert, que foi decisivo num incrível nulo em Toulouse. O guarda-redes luxemburguês negou o golo a Kylian Mbappé, Paul Pogba e Djibril Sidibé, tendo ainda desviado para a barra o livre de Antoine Griezmann, com Gerson Rodrigues a estar perto de fazer uma surpresa ainda maior, quando acertou no poste. Apesar do resultado, a França regressou à liderança do Grupo A, com mais um ponto que a Suécia.

Bielorrússia 0-4 Suécia

A Suécia, segunda classificada, abriu uma vantagem de três pontos para a concorrência depois de uma eficaz exibição em Borisov. Três golos na primeira parte resolveram a contenda, com Emil Forsberg a marcar o primeiro e assistir Marcus Berg para o terceiro. Christoffer Nyman fez o segundo e primeiro da sua conta pessoal pela selecção e Andreas Granqvist, de penalty, já perto do fim, deixou a Suécia a apenas um ponto da líder França.

Grupo B

Letónia 0-3 Suíça

O tento madrugador de Haris Seferović colocou a Suíça no caminho para o oitavo triunfo em outros tantos encontros (apenas a Alemanha pode igualar este registo 100 por cento vitorioso). Blerim Džemaili falhou um penalty com os visitantes a mostrarem forte ambição em Riga, mas o médio não falharia logo depois do intervalo. Ricardo Rodríguez, dos 11 metros, foi desta feita mais eficaz que  Džemaili, e fez o resultado final quatro minutos depois.

©AFP/Getty Images

Hungria 0-1 Portugal

Portugal continua a apenas três pontos da Suíça depois do difícil triunfo na Hungria, que jogou com dez jogadores durante uma hora, depois de Tamás Priskin ter visto um cartão vermelho directo por uma cotovelada sobre Pepe. O golo de André Silva, três minutos depois do intervalo, faria a diferença entre as equipas, com o novo jogador do AC Milan a marcar à boca da baliza depois de centro da esquerda de Cristiano Ronaldo. Com este derrota, a Hungria está eliminada.

Ilhas Faroé 1-0 Andorra

Os ilhéus podem estar já de fora pelos lugares de apuramento do Grupo B, mas tiveram motivos para festejar depois de um remate de Gilli Sørensen na primeira parte ter valido um merecido triunfo em Torshavn. A equipa de Lars Olsen tem agora oito pontos, o melhor registo numa qualificação europeia para um Mundial/EURO, quando faltam ainda dois jogos para disputar.

Grupo H

Grécia 1-2 Bélgica

A Bélgica é a primeira selecção europeia a apurar-se para o Mundial depois de ter garantido o primeiro lugar no Grupo H a duas jornadas do fim. Os três golos surgiram nuns frenéticos cinco minutos, primeiro por Jan Vertonghen, aos 70, com Zeca a empatar logo a seguir. No entanto o sétimo golo em outros tantos jogos da Qualificação Europeia de Romelu Lukaku, de cabeça, a centro de Thomas Meunier, revelou-se decisivo. A Grécia caiu para terceira do grupo.

©Getty Images

Gibraltar 0-4 Bósnia e Herzegovina

A Bósnia e Herzegovina é agora segunda classificada, com mais um ponto que a Grécia, depois de uma exibição segura ante uma equipa de Gibraltar. Edin Džeko abriu e fechou a contagem, enquanto Kenan Kodro apontou o seu primeiro golo pela selecção, numa partida em que os visitantes marcaram três vezes depois do intervalo. Senad Lulić também marcou, aquele que foi o seu primeiro golo oficial em mais de dois anos.

Estónia 1-0 Chipre

O sonho de Chipre em ficar num dos dois primeiros lugares terminou quando a equipa de Ran Ben Simon foi batida em Talin. A precisar de uma vitória para continuar na corrida, os da casa tiveram as melhores situações do encontro e marcaram o primeiro golo em quatro partidas quando Mattias Käit marcou de fora da área, já nos descontos. A Estónia tem agora oito pontos, mais dois que Chipre, quarto classificado.

Grupo I

Croácia 1-0 Kosovo
Uma forte chuvada fez com que o jogo da Croácia em casa com o Kosovo tivesse de ser suspenso no minuto 22 no sábado, pelo que as duas equipas continuaram a disputa do encontro na tarde de domingo, sendo de Domagoj Vida o único golo do encontro, no minuto 74. O defesa do Dínamo de Kiev marcou de cabeça a livre de Luka Modrić, naquele que foi o primeiro tento pela selecção em quatro anos, com os croatas a ficarem na frente com mais dois pontos que a Ucrânia.

Topo