Há precisamente um ano: Portugal vence o EURO 2016

Passou precisamente um ano desde o dia em que Cristiano Ronaldo chrou, Éder brilhou, a França desesperou e Portugal festejou a conquista do UEFA EURO 2016. O UEFA.com recorda essa noite de emoções.

Cristiano Ronaldo ergue o troféu do UEFA EURO 2016
Cristiano Ronaldo ergue o troféu do UEFA EURO 2016 ©Getty Images

Foi há precisamente um ano que Portugal conquistou o UEFA EURO 2016 – o UEFA.com recorda essa emocionante noite em Paris.

O texto que se segue é um extracto da crónica da final escrita pelo UEFA.com a partir do Stade de France …

Portugal é o grande vencedor do UEFA EURO 2016. A selecção que empatou os seus três jogos da fase de grupos e que ganhou apenas um jogo no decorrer dos 90 minutos durante todo o torneio bateu a anfitriã França no prolongamento em Saint-Denis e ergueu o primeiro grande troféu da sua história.

Reveja os melhores momentos da final do UEFA EURO 2016
Reveja os melhores momentos da final do UEFA EURO 2016

E consegui fazê-lo sem a sua maior figura, Cristiano Ronaldo, em campo, depois de o capitão português ter sido substituído bem cedo no encontro, devido a lesão. A formação orientada por Fernando Santos pareceu por várias vezes encostada às cordas mas, com Ronaldo a dar indicações junto á linha lateral ao lado do seu seleccionador, Portugal resistiu e mereceu o momento de magia que acabou por lhe sorrir: o disparo rasteiro de Éder a 20 metros do alvo, na segunda parte do prolongamento, foi, simplesmente, demasiado bom para Hugo Lloris e fez a diferença.

Reacções pós-jogo

Cristiano Ronaldo, capitão de Portugal
Estou muito feliz. É algo que há muito desejava, desde 2004. O povo português merece tudo isto e os nossos jogadores também. Este é um dos momentos mais felizes da minha carreira.

Os 100 primeiros golos de Ronaldo na Champions League: como, onde e quando foram marcados?

Éder, autor do golo da vitória de Portugal
Foi um momento fantástico. Lutámos com muita força, fomos extraordinários. Penso que merecemos este troféu, por todo o trabalho que jogadores e equipa técnica realizaram. [Ronaldo] disse-me que eu ia marcar o golo da vitória. Deu-me força e energia positiva.

Veja todos os golos marcados no UEFA EURO 2016
Veja todos os golos marcados no UEFA EURO 2016

Fernando Santos, selecionador de Portugal
Os jogadores acreditaram sempre em mim quando eu lhe disse que esta conquista era possível. Em todos os lugares por onde passámos havia adeptos portugueses. Isso encheu-nos a alma. É difícil descrever as emoções que os jogadores estão a sentir - é incrível.

Didier Deschamps, seleccionador da França
Deitámos por terra uma grande oportunidad ede nos sagrar-mos campeões europeus. Claro que o sentimento que domina é o de desilusão. É cruel perder uma final desta forma.

Joe Walker, repórter UEFA.com a acompanhar Portugal

Honestamente, estou sem palavras. Portugal ganhou contra todas as expectativas. Depois de empatar os seus três jogos na fase de grupos. Esta noite não jogou bonito, mas foi eficaz. Mérito a Fernando Santos por ter percebido que a equipa precisava de algo diferente na frente e por ter apostado em Éder. O avançado foi brilhante desde o minuto em que saiu do banco e o momento que decidiu o jogo pertenceu-lhe a ele.

O 2016 inesquecível de Cristiano Ronaldo

O que escreveu a imprensa

Record
Somos campeões da Europa! A conquista do nosso primeiro grande troféu foi alcançada na casa da equipa anfitriã, com um golo marcado por Éder aos 109 minutos de jogo e sem Cristiano Ronaldo em campo desde o 25º minuto.

Cristiano Ronaldo fala sobre 'uma noite inesquecível'
Cristiano Ronaldo fala sobre 'uma noite inesquecível'

Jornal de Noticias
O momento mais alto da história do futebol português foi escrito com um enredo que nem os mais criativos guionistas se lembrariam. A França tinha um autocarro pronto para sair para a festa com a palavra 'campeões', a Torre Eiffel Tower tinha prometido ficar azul, mas ficou escura durante toda a noite, tal como os corações gauleses.

L'Équipe
Devastada. É assim que a França acorda esta manhã, a pensar nas oportunidades perdidas. Portugal era uma selecção que estava ao alcance, menos forte do que a Alemanha, mas no futebol nem sempre é a melhor equipa a ganhar.

O que aconteceu desde então?

Portugal: ocupa o segundo lugar do seu grupo de qualificação para o Campeonato do Mundo, com 15 pontos somados em seis jogos. Perdeu frente ao Chile no desempate por penalties nas meias-finais da Taça das Confederações da FIFA, no final de Junho último.

Ronaldo: é um dos melhores marcadores da actual Qualificação Europeia, com 11 golos. É, agora, um dos segundos melhores marcadores de sempre em selecções europeias, com 75 golos, nove golos menos do que Ferenc Puskás. O avançado do Real Madrid ultrapassou os 100 golos na UEFA Champions League durante a temporada de 2016/17.

Éder: o seu primeiro jogo oficial após a final foi uma partida da terceira pré-eliminatória da UEFA Europa League, pelo Lille, no terreno do Gabala. Somou mais quatro internacionalizações por Portugal, sem contudo ter marcado mais nenhum golo pelo seu país desde o que apontou na final de Paris.

Topo