Advocaat e Gullit para recuperar Holanda

Dick Advocaat vai assumir, pela terceira vez, o comando técnico da selecção holandesa, com Ruud Gullit como seu adjunto. No entanto, Fred Grim vai continuar interinamente à frente da equipa.

Dick Advocaat vai assumir pela terceira vez o comando da Holanda
Dick Advocaat vai assumir pela terceira vez o comando da Holanda ©AFP/Getty Images

Aos 69 anos, Dick Advocaat vai assumir pela terceira vez o comando técnico da Holanda, sucedendo a Danny Blind, que foi despedido no final de Março na sequência de uma derrota por 2-0 com a Bulgária na Qualificação Europeia. Ruud Gullit, de 54 anos, vai ser o adjunto de Advocaat.

"Temos a certeza que esta combinação pode reacender a chama da selecção holandesa", afirmou Jean Paul Decossaux, director-executivo da Federação Holandesa de Futebol (KNVB). O director técnico Hans van Breukelen acrescentou: "Acredito em duplas que se complementam".

Fred Grim continuará interinamente como responsável pela selecção principal, já que Advocaat ainda tem contrato com o Fenerbahçe, mas o plano a longo prazo prevê que Advocaat e Gullit comandem a Holanda no resto da fase de qualificação para o Campeonato do Mundo e na fase final da prova, na Rússia, se a equipa conseguir a qualificação.

Aos 69 anos, Advocaat passa a ser o treinador mais velho a comandar a selecção "laranja". Na primeira vez em que foi seleccionador levou a Holanda até aos quartos-de-final do Mundial de 1994, nos Estados Unidos, e na segunda passagem pelo cargo atingiu as meias-finais do UEFA EURO 2004. Antes tinha sido adjunto entre 1984 a 1987 e de 1990 a 1992, e foi também adjunto de Blind até 12 de Maio de 2016, quando saiu para o Fenerbahçe.

Advocaat foi campeão no PSV Eindhoven (1996/97), no Rangers (1998/99, 1999/2000) e no Zenit (2007), tendo também levado a equipa russa à conquista da Taça UEFA de 2007/08 e da SuperTaça Europeia da UEFA de 2008.

Gullit ganhou duas vezes a UEFA Champions League ao serviço do Milan e somou a última de 66 internacionalizações pela Holanda na primeira passagem de Advocaat pela selecção, tendo sido depois sido treinador de Newcastle United, Feyenoord, LA Galaxy e Terek Grozny.

Topo