Seleccionadores europeus que regressaram ao cargo

Dick Advocaat vai orientar a Holanda pela terceira vez, o mesmo se passando com Aleksandrs Starkovs na Letónia. Que outros treinadores não conseguem resistir ao apelo do seu país?

Dick Advocaat is back coaching the Netherlands for a third time, watch a highlight from one of his previous spells and see four other coaches who went back to national team or club jobs, featuring José Mourinho, Fatih Terim and Dutch legend Rinus Michels.

Dick Advocaat assumiu pela terceira vez o comando da selecção da Holanda, enquanto Aleksandrs Starkovs e Fatih Terim também esperam que á terceira seja de vez. O UEFA.com apresenta os seleccionadores nacionais que mais vezes estiveram no comando dos seus países.

10: Stoyan Ormandzhiev (Bulgária: 1950–53, 1953, 1954–55, 1956–57, 1957–60, 1972, 1974, 1974–75, 1976, 1977)

7: Hristo Mladenov (Bulgária: 1972–73, 1973, 1973–74, 1974, 1976, 1977, 1986–87) 

O estatuto dos seleccionadores da Bulgária até à década de 1980 foi bastante confuso. Os calendários irregulares levavam a que muitas vezes os treinadores mudassem de jogo para jogo, com a selecção nacional a ser dirigida por um comité federativo. As dez passagens de Stoyan Ormandzhiev pelo comando da Bulgária permitiram-lhes estabelecer o recorde de 77 jogos. Formado na União Soviética, levou o seu país à conquista do bronze olímpico em Melbourne, em 1956. Morreu em 2006 aos 86 anos.

5: Karl Gudmundsson (Islândia: 1954–56, 1959, 1961, 1963–65, 1966) 

Karl Gudmundsson era professor de educação física e não tinha acesso a formação específica em futebol na Islândia, pelo que emigrou para o estrangeiro em busca de conhecimento no final da década de 1940, tendo passado por Chelsea e Arsenal, assim como pela Alemanha. O antigo defesa do Fram Rejkyavík colocou em prática o que aprendeu, em cinco passagens como seleccionador da Islândia, mas também treinou o Lillestrøm e o Sandefjord na Noruega. Faleceu em 2012.

Rinus Michels foi seleccionador da Holanda em quatro ocasiões
Rinus Michels foi seleccionador da Holanda em quatro ocasiões©Getty Images

4: Loro Boriçi (Albânia: 1957–63, 1965–72, 1976, 1981) 
4: Valeriy Lobanovskiy (União Soviética: 1975–76, 1982–83, 1986–90, Ucrânia: 2000–01)
4: Rinus Michels (Holanda: 1974, 1984–85, 1986–88, 1990–92)
4: Angelo Niculescu (Roménia: 1967, 1967–71, 1971–72, 1972–73)
4: Vittorio Pozzo (Itália: 1912, 1921, 1924, 1929–48)
4: Ivan Radoev (Bulgária: 1939, 1942, 1947, 1950) 
4: Nikita Simonyan (União Soviética: 1963, 1964, 1977–79, 1988)
4: Valentin Stănescu (Roménia: 1964, 1971, 1973–75, 1980–81)
4: Emerich Vogl (Roménia: 1943–45, 1947, 1947–1948, 1950–52) 

Actuais treinadores na terceira passagem pela selecção
3: Dick Advocaat
(Holanda: 1992–94, 2002–04, 2017–)
3: Aleksandrs Starkovs (Letónia: 2001–04, 2007–13, 2017–)
3: Fatih Terim (Turquia: 1993–96, 2005–09, 2013–)

Topo