Fernando Santos quer oferecer "bom jogo" aos madeirenses

Fernando Santos espera que Portugal dê "uma boa resposta" frente à Suécia, apesar do carácter amigável de um jogo que marca o regresso da selecção à Madeira, um "detalhe importante" para Cristiano Ronaldo.

Fernando Santos espera uma "boa resposta" de Portugal, apesar do carácter amigável do jogo com a Suécia
Fernando Santos espera uma "boa resposta" de Portugal, apesar do carácter amigável do jogo com a Suécia ©AFP/Getty Images

Portugal, segundo classificado do Grupo B da Qualificação Europeia para o Campeonato do Mundo da FIFA de 2018, defronta esta terça-feira a Suécia, pelas 19h45, no Funchal, e Fernando Santos espera que a equipa faça "um bom jogo", de forma a que "os madeirenses possam continuar a sentir orgulho na nossa selecção".

"Queremos dar uma boa resposta", frisou o seleccionador português, antes de partir para a análise da selecção sueca, que já não conta agora com Zlatan Ibrahimovic.  "As equipas não são feitas de um jogador, mas sim do colectivo," frisou. "Estas equipas nórdicas têm um padrão, com jogadores tecnicamente evoluídos e apresentam-se sempre muito bem organizadas. Espero, pois, uma Suécia compacta, com jogadores rápidos na frente, que sabem jogar. Tem qualidade, muita técnica a nível do passe e uma forte capacidade de recepção", concluiu.

Quanto aos jogadores que entrarão em campo, Fernando Santos não quis avançar o "onze" inicial, mas garantiu estar seguro de que os seus atletas não se vão poupar, apesar dos importantes compromissos que esperam alguns no fim-de-semana. "Se algum jogador sentisse isso já me tinha dito para não ir à Madeira", garantiu.  

O jogo marca o regresso da selecção principal de Portugal à Madeira ao fim de 16 anos e terá, naturalmente, um sabor especial para Cristiano Ronaldo. "É um grande detalhe," reconheceu o capitão da selecção portuguesa. "Este jogo é também uma homenagem ao povo da Madeira. Eles merecem, porque estiveram connosco desde o princípio", destacou.

Já do lado da Suécia, actual segunda classificada do Grupo A, o seleccionador Jan Andersson afirmou: "Vamos defrontar uma das melhores selecções do mundo, que pratica um futebol de alto nível, comandada por Cristiano Ronaldo. No entanto, tem outros grandes jogadores, por isso a nossa atenção terá de se centrar no colectivo".

Topo