Immobile resgata Itália, Espanha quebra Albânia

Um bis tardio de Ciro Immobile ajudou a Itália a transformar uma derrota em vitória frente à Macedónia, numa noite em que Espanha, Sérvia, Islândia e Croácia venceram, ao passo que Gales empatou.

Ciro Immobile (Itália)
Ciro Immobile (Itália) ©Getty Images

Grupo D
País de Gales 1-1 Geórgia
Gales foi incapaz  de somar a segunda vitória em três jogos após ceder um empate frente a uma Geórgia resoluta. O semifinalista do UEFA EURO 2016 parecia bem lançado para conseguir os três pontos quando Gareth Bale inaugurou cedo o marcador, concluindo de cabeça um canto de Joe Ledley. No entanto, Tornike Okriashvili finalizou um passe de Valeri Kazaishvili na segunda parte, antes de Kazaishvili acertar nos ferros da baliza, com a Geórgia a averbar o seu primeiro ponto.

República da Moldávia 1-3 República da Irlanda
Irlanda e Sérvia lideram agora o Grupo D, mas a equipa de Martin O'Neill apanhou um susto em Chisinau, quando a Moldávia respondeu ao tento inaugural de Shane Long, marcando no seu primeiro remate à baliza. Só que dois golos de James McClean em oito minutos a meio da etapa complementar deram o triunfo.

Aleksandar Mitrović bisou pela Sévia
Aleksandar Mitrović bisou pela Sévia©Getty Images

Sérvia 3-2 Áustria
A série de 13 jogos sem perder da Áustria em qualificações do EURO e do Campeonato do mundo chegaram ao fim, após um jogo emocionante em Belgrado. Os visitantes recuperaram duas vezes de desvantagem, na sequência de golos de Aleksandar Mitrović, mas já não conseguiram responder ao remate certeiro de Dušan Tadić a 16 minutos do fim, depois de o jogador do Southampton ter feito duas assistências.

Grupo G
ARJ da Macedónia - Itália

Ciro Immobile prolongou a série invicta da Itália em qualificações do Mundial ou do EURO, apesar de a sua equipa ter estado à beira do desastre em Skopje. Andrea Belotti colocou os "azzurri" em vantagem, na sua terceira internacionalização, mas Ilija Nestorovski e Feran Hasani, num curto espaço de tempo, deram a volta ao marcador, logo a abrir a segunda parte. A série de 53 jogos sem perder da Itália parecia perto do fim, só que Immobile teve outras ideias e bisou nos últimos 15 minutos.

Diego Costa abriu caminho à vitória espanhola na Albânia
Diego Costa abriu caminho à vitória espanhola na Albânia©AFP/Getty Images

Albânia 0-2 Espanha
A Espanha ultrapassou a Albânia na liderança do Grupo G, graças a um triunfo paciente fora de casa. Os pupilos de Julen Lopetegui tiveram 73 por cento de posse de bola na primeira parte, mas tiveram dificuldades para quebrar a resistência de um adversário organizado. No entanto, um erro de Etrit Berisha permitiu a Diego Costa fazer o 1-0, antes de o suplente Nolito dilatar a vantagem.

Israel 2-1 Liechtenstein
Tomer Hemed bisou e Israel alcançou a sua segunda vitória, depois da derrota inaugural com Itália. O avançado do Brighton & Hove Albion apontou os dois golos nos primeiros 16 minutos e já soma três nesta qualificação. O Liechtenstein ainda reduziu, por intermédio de Max Göppel, de 19 anos, naquele que foi o primeiro golo da equipa na campanha do Rússia 2018.

A tradicional celebração da Islândia
A tradicional celebração da Islândia©Getty Images

Grupo I
Islândia 2-0 Turquia
A Islândia continua em igualdade pontual com a Croácia no topo do grupo após vencer a Turquia, graças a um período frenético no final da primeira parte. O primeiro golo foi cruel para os forasteiros, já que Elmar Bjarnason deu vantagem aos nórdicos após um remate que sofreu um desvio. A Islândia aproveitou o bom momento e aumentou a contagem dois minutos depois, com Alfred Finnbogason a corresponder ao passe de cabeça de Kári Árnason para as costas da defesa turca.

Finlândia 0-1 Croácia
A Croácia continua na liderança depois de um triunfo mínimo em Tampere. Depois de marcar um "hat-trick" na goleada por 6-0 ao Kosovo, na quinta-feira, Mario Mandžukić voltou a ser decisivo, cabeceando o remate à queima-roupa de Andrej Kramarić.

Ucrânia 3-0 Kosovo
Com três jogos decorridos, a Ucrânia finalmente venceu – e conseguiu-o de forma confortável, frente a uma selecção do Kosovo que já contabiliza um ponto. Artem Kravets, com um remate que sofreu um desvio, colocou os anfitriões em vantagem, que depois tiveram uma ponta final forte, com Andriy Yarmolenko a manter o registo de marcar em todos os jogos até ao momento, antes de o suplente Ruslan Rotan também facturar.

Topo