O que pode ver nos jogos de sábado da Qualificação Europeia

Gareth Southgate enfrenta Malta no seu jogo de estreia como seleccionador de Inglaterra, a Alemanha testa o vigor da República Checa e conseguirá a Dinamarca travar a veia goleadora da Polónia?

©Getty Images

Dinamarca atenta a dupla dinâmica da Polónia
A Dinamarca foi a única selecção a começar com uma vitória num grupo com um arranque nada brilhante, ainda que seja do senso comum que terá de fazer muito melhor que a vitória apertada em casa por 1-0 contra a Arménia na viagem até à Polónia. Arkadiusz Milik tem vindo a afirmar-se no Nápoles e tanto ele como Robert Lewandowski podem gerar algum domínio – recorde-se que a Polónia foi quem mais golos marcou na fase de qualificação do UEFA EURO 2016. Compreensivelmente, é uma defesa que apenas sofreu dois golos este Verão em França que mais preocupa Adam Nawałka, depois de a sua equipa ter deixado fugir no mês passado uma vantagem de dois tentos no Cazaquistão. Complacência, talvez.
Polónia - Dinamarca, 19h45

Outros jogos no Grupo E
Montenegro - Cazaquistão, 17h00
Arménia - Roménia, 17h00

As dificuldades checas no Campeonato do Mundo
A República Checa tem sido presença assídua no EURO desde que perdeu a final em 1996, no golo de ouro apontado por Oliver Bierhoff, na sua primeira participação como nação independente. Curiosamente, apenas por uma vez esteve no Campeonato do Mundo – em 2006 – tendo terminado as duas anteriores fases de apuramento no terceiro lugar do seu grupo. O empate em casa sem golos, em Setembro, com a Irlanda do Norte revelou-se esmagador e a vitória impressionante da Alemanha sobre a Noruega deixa pouca margem para vir a terminar no topo. Contudo, caso consiga somar pontos em Hamburgo o horizonte ganhará novos contornos.
Alemanha - República Checa, 19h45

Outros jogos no Grupo C
Azerbaijão - Noruega, 17h00
Irlanda do Norte - San Marino, 19h45

Southgate anseia por causar boa impressão
Na sequência da saída de Sam Allardyce após um jogo no comando da selecção, o cargo de seleccionador de Inglaterra foi entregue a Gareth Southgate – pelo menos para os próximos quatro jogos. O antigo defesa deu sequência ao compromisso do seu antecessor de evolução através da revolução, promovendo Marcus Rashford, Jesse Lingard e Michael Keane do escalão Sub-21. Significa isso que há agora seis jogadores na selecção que jogaram sob o comando de Southgate, enquanto Wayne Rooney – mantido a capitão – jogou com ele cinco partidas por Inglaterra em 2004.       
Inglaterra - Malta, 17h00

Outros jogos no Grupo F
Eslovénia - Eslováquia, 19h45
Escócia - Lituânia, 19h45

Topo