Shevchenko é o novo seleccionador da Ucrânia

Andriy Shevchenko foi escolhido para seleccionador da Ucrãnia, com vínculo até ao final da qualificação para o Campeonato do Mundo de 2018, com Mauro Tassotti a ser um dos seus adjuntos.

©FFU

Andriy Shevchenko é o novo seleccionador da Ucrânia, com vínculo até final da qualificação do Campeonato do Mundo de 2018.

O técnico de 39 anos irá suceder a Mykhailo Fomenko, de quem foi adjunto no UEFA EURO 2016, prova onde a Ucrânia sofreu três derrotas, não tendo marcado qualquer golo. Shevchenko terá como adjuntos Mauro Tassotti e Andrea Maldera, ambos antigos membros da equipa técnica do AC Milan, e o antigo número dois de Serhiy Rebrov no Dynamo Kyiv, Raúl Riancho.

"É um momento muito especial e uma grande honra para mim", disse o novo seleccionador ucraniano. "A minha primeira tarefa é criar um verdadeiro bloco, capaz de alcançar resultados. Quero também ajudar a equipa a voltar a ter o respeito dos adeptos, graças à qualidade dos nossos desempenhos. Vamos procurar alguns jovens jogadores, mas os principais critérios serão disciplina, organização, equilíbrio, empenho e motivação."

Shevchenko ingressou na equipa técnica da Ucrânia em Fevereiro, tendo, enquanto jogador, marcado o número recorde de 48 golos em 111 jogos, tendo-se retirado em 2012. O antigo jogador de Dynamo, Milan e Chelsea vai ter o seu primeiro jogo oficial a 5 de Setembro, em Kiev, frente à Islândia, com Croácia, Finlândia, Kosovo e Turquia no Grupo I de qualificação para o Campeonato do Mundo.

Topo