Marc Wilmots deixa selecção da Bélgica

Marc Wilmots deixou o cargo de seleccionador da Bélgica, rescindindo por mútuo acordo após os "diabos vermelhos" terem sido eliminados nos quartos-de-final do UEFA EURO 2016.

Marc Wilmots já não é seleccionador da Bélgica
Marc Wilmots já não é seleccionador da Bélgica ©Getty Images

A Bélgica está à procura de um novo seleccionador depois de Marc Wilmots, que conduziu a selecção até aos quartos-de-final do UEFA EURO 2016, ter abandonado o cargo.

Wilmots, de 47 anos, tinha contrato até 2018 mas ambas as partes chegaram a acordo para dar por terminada a ligação dois anos mais cedo após terem sido goradas as expectativas em França.

“Gostaríamos de agradecer a Marc Wilmots pelo seu trabalho nos últimos quatro anos”, disse em comunicado a Real Federação Belga de Futebol (URBSFA/KBVB). “a comissão técnica da KBVB fez a avaliação do desempenho no UEFA EURO 2016 e concluiu que os objectivos traçados não foram atingidos.”

Antigo médio-ofensivo da Bélgica, Wilmots, mais conhecido pelas suas passagens pelo Schalke e Standard de Liège, fora nomeado seleccionador em Maio de 2012 depois de ter sido treinador-adjunto de Dick Advocaat e de Georges Leekens. Sob o seu comando, os “diabos vermelhos” subiram do 54º para o primeiro lugar do “ranking” da FIFA, vencendo 34 das 51 partidas disputadas.

Topo