Pavel Vrba deixa a selecção da República Checa

"Estou muito satisfeito por ter tido a possibilidade de treinar a selecção da República Checa", disse Pavel Vrba, que deixou o cargo após ter recebido uma proposta dos russos do Anji Makhachkala.

Pavel Vrba comandou a República Checa no UEFA EURO 2016
Pavel Vrba comandou a República Checa no UEFA EURO 2016 ©AFP/Getty Images

Pavel Vrba deixou o comando da República Checa, com o técnico de 52 anos a assumir agora a formação russa do Anji Makhachkala.

"Estou muito satisfeito por ter tido a possibillidade de treinar a selecção da República Checa", disse. "Foi uma grande honra e experiência. É difícil deixar o seu comando, mas há outros desafios pela frente. Depois do EURO analisei as alternativas que tinha e decidi optar pela proposta do Anji."

Vrba liderou o seu país durante dois anos e meio, levando a sua formação ao UEFA EURO 2016. Em França somou apenas um ponto, terminando no último posto do Grupo D, atrás de Croácia, Espanha e Turquia. O seu registo em 25 jogos pelos checos foi de 10V 5E 10D.

O presidente da Federação de Futebol da República Checa (FAČR), Miroslav Pelta, afirmou: "Apesar de esta equipa não ter ido além da fase de grupos, sou da opinião de que o trabalho de Pavel Vrba foi bem-sucedido. Respeitamos o seu desejo de regressar a um clube. Vamos procurar agora um novo seleccionador."

Os checos vão ter a companhia de Alemanha, Irlanda do Norte, Noruega, Azerbaijão e San Marino no Grupo C de apuramento para o Campeonato do Mundo de 2018.

A República Checa somou apenas um ponto em França
A República Checa somou apenas um ponto em França©Getty Images
Topo