Challandes no comando da selecção da Arménia

A Arménia, adversária de Portugal no Grupo I de qualificação para o UEFA EURO 2016, escolheu o suíço Bernard Challandes para suceder a Vardan Minasyan no comando da selecção.

Bernard Challandes iniciou a carreira de treinador em 1977
Bernard Challandes iniciou a carreira de treinador em 1977 ©Getty Images

A Arménia, futura adversária de Portugal no Grupo I de qualificação para o UEFA EURO 2016, encontrou finalmente o sucessor de Vardan Minasyan, tendo escolhido o suíço Bernard Challandes para assumir o comando da seleção.

O experiente técnico de 62 anos assinou um contrato de 24 meses para comandar a equipa na qualificação para o UEFA EURO 2016, isto depois de Minasyan não ter aceite, em Outubro, renovar contrato com a Federação Arménia de Futebol (FFA), apesar das boas campanhas realizadas no apuramento para o UEFA EURO 2012 e para o Campeonato do Mundo de 2014.

"A nossa equipa precisava de um treinador experiente, pois a selecção arménia está mais forte do que nunca", explicou o presidente da FFA, Ruben Hayrapetyan. "A nossa equipa pode dar luta aos adversários mais fortes em qualquer jogo. Negociámos com 49 treinadores e escolhemos Bernard Challandes, que me surpreendeu com os conhecimentos que tem da nossa selecção".

Challandes iniciou a carreira de treinador em 1977 e passou pelo comando de FC Yverdon-Sport, BSC Young Boys e Servette FC, entre outros, antes de em 1995 começar a trabalhar na Federação Suíça de Futebol (SFV-ASF). Assumiu o comando da selecção suíça de sub-21 em 2001 e conduziu o seu país até às meias-finais do Campeonato da Europa de Sub-21 de 2002.

Assinou pelo FC Zürich em 2007 e foi eleito treinador do ano da Suíça em 2009, depois de dar ao clube o 12º título. Em 2011 conquistou a Taça da Suíça no comando do FC Sion, tendo depois trabalhado no Neuchâtel Xamax FC e FC Thun.

A Arménia ficou colocada no Grupo I de qualificação para o UEFA EURO 2016, no qual vai medir forças, para além de Portugal, com Dinamarca, Sérvia e Albânia. Os arménios vão iniciar a campanha na Dinamarca, a 7 de Setembro, e recebendo depois a Sérvia a 11 de Outubro, no primeiro jogo em casa.

Topo