Ucrânia com problemas na baliza

Oleh Blokhin incluiu três guarda-redes com apenas uma internacionalização na lista de 26 pré-convocados da Ucrânia para o UEFA EURO 2012, na qual constam oito reservas.

Oleh Blokhin teve que improvisar nas escolhas para a baliza
Oleh Blokhin teve que improvisar nas escolhas para a baliza ©Yevhen Kraws

O seleccionador Oleh Blokhin revelou os 26 pré-convocados da Ucrânia tendo em vista o estágio de preparação para o UEFA EURO 2012, que se realiza na Turquia, no final deste mês, com mais oito jogadores a ficarem de prevenção.

Entre os convocados de Blokhin, que vão participar num estágio de dez dias a partir de 15 de Maio, estão cinco jogadores do líder da Premier League ucraniana, o FC Shakhtar Donetsk, e dois que actuam no estrangeiro, enquanto o FC Dynamo Kyiv fornece o maior contingente, com dez jogadores.

O defesa do Shakhtar, Dmytro Chygrynskiy, lesionado, é uma das várias ausências de peso, mas a maior preocupação de Blokhin prende-se com a baliza, já que as três principais escolhas estão indisponíveis.

Dessa forma, Blokhin apostou em novos valores, como é o caso do guarda-redes do FC Metalurh Donetsk, Oleksandr Bandura, de 25 anos, que não possui qualquer tipo de internacionalização, e Maxym Koval, do Dínamo, que participou apenas uma vez num estágio.

Entretanto, Oleksandr Goryainov, do Metalist, que tem mais 17 anos que Koval, ainda só realizou um jogo pela selecção, quando ajudou a Ucrânia a vencer a Lituânia por 4-0, em Maio de 2010, tornando-se no jogador mais velho a estrear-se pelo país, com 34 anos.

Foram ainda incluídos oito jogadores numa lista de reservas, entre eles Oleksandr Volovyk e Olexandr Kovpak, do Metalurh e do FC Arsenal Kyiv, respectivamente, ainda sem internacionalizações. "Estes jogadores não se deslocarão até à Turquia, mas precisam de manter a forma de modo a estarem prontos em caso de necessidade", disse Blokhin.

A Ucrânia inicia a sua participação no Grupo D do UEFA EURO 2012 frente à Suécia, a 11 de Junho, defrontando a França quatro dias depois. A co-anfitriã, que se vai preparar para o torneio com amigáveis frente a Estónia (28 de Maio), Áustria (1 de Junho) e Turquia (5 de Junho), encerra a fase de grupos frente à Inglaterra, a 19 de Junho.

Pré-convocados da Ucrânia
Guarda-redes: Oleksandr Bandura (FC Metalurh Donetsk), Oleksandr Goryainov (FC Metalist Kharkiv), Maxym Koval (FC Dynamo Kyiv), Andriy Pyatov (FC Shakhtar Donetsk).

Defesas: Bohdan Butko (FC Illychivets Mariupil), Olexandr Kucher (FC Shakhtar Donetsk), Vitaly Mandziuk (FC Dnipro Dnipropetrovsk), Taras Mikhalik (FC Dynamo Kyiv), Yaroslav Rakitskiy (FC Shakhtar Donetsk), Yevhen Selin (FC Vorskla Poltava), Yevhen Khacheridi (FC Dynamo Kyiv), Vyacheslav Shevchuk (FC Shakhtar Donetsk).

Médios: Olexandr Aliyev (FC Dynamo Kyiv), Denys Garmash (FC Dynamo Kyiv), Oleh Gusev (FC Dynamo Kyiv), Yevhen Konoplyanka (FC Dnipro Dnipropetrovsk), Serhiy Nazarenko (SC Tavriya Simferopol), Ruslan Rotan (FC Dnipro Dnipropetrovsk), Taras Stepanenko (FC Dynamo Kyiv), Anatoliy Tymoshchuk (FC Bayern München), Andriy Yarmolenko (FC Dynamo Kyiv).

Avançados: Andriy Voronin (FC Dinamo Moskva), Marko Dević (FC Metalist Kharkiv), Artem Milevskiy (FC Dynamo Kyiv), Yevhen Seleznyov (FC Shakhtar Donetsk), Andriy Shevchenko (FC Dynamo Kyiv).

Reservas: Roman Bezus (FC Vorskla Poltava), Oleksandr Volovyk (FC Metalurh Donetsk), Edmar (FC Metalist Kharkiv), Maxym Kalynychenko (SC Tavriya Simferopol), Olexandr Kovpak (FC Arsenal Kyiv), Artem Fedetskiy (FC Karpaty Lviv), Anton Shinder (SC Tavriya Simferopol), Bohdan Shust (FC Shakhtar Donetsk).

Topo