O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Polónia 2-0 Suécia: Golos de na segunda parte apuram polacos

Golos de Robert Lewandowski e Piotr Zieliński frente à Suécia qualificaram a Polónia para a fase final do Mundial.

Veja como a Polónia assegurou o seu bilhete para o Campeonato do Mundo no Qatar com uma vitória em Chorzow.
Resumo: Polónia 2-0 Suécia

A Polónia qualificou-se para o seu segundo Campeonato do Mundo seguido ao vencer a Suécia na final do "play-off", em Chorzow.

Momentos-chave

49' Karlström comete penálti sobre Krychowiak
51'
Lewandowski não perdoa a conversão
57' Szczęsny nega empate a Forsberg
72' Zieliński fixa o resultado

O jogo em poucas palavras: Boa segunda parte embala a Polónia

Houve poucas oportunidades numa primeira parte cautelosa, embora Emil Forsberg tenha visto Wojciech Szczęsny negar-lhe o golo e e Matty Cash arrou por pouco o alvo.

Grzegorz Krychowiak entrou ao intervalo e causou impacto imediato ao ser derrubado na área por Jesper Karlström. Chamado à conversão do penálti, Robert Lewandowski não perdoou.

 Robert Lewandowski adianta a Polónia de penálti
Robert Lewandowski adianta a Polónia de penáltiGetty Images

A Suécia pressionou à procura do empate e Szczęsny voltou a negar o golo a Forsberg, mas Piotr Zieliński aproveitou um erro da defesa dos nórdicos para aumentar a vantagem.

E o resultado até poderia ter sido mais dilatado para os anfitriões não fossem as excelentes defesas de Robin Olsen aos possantes remates de cabeça de Jan Benarek e Lewandowski.

Reacções

 Robert Lewandowski consola o capitão da Suécia, Victor Lindelöf
Robert Lewandowski consola o capitão da Suécia, Victor LindelöfGetty Images

Robert Lewandowski, avançado da Polónia, em declarações ao UEFA.com: "Tivemos muitos problemas antes deste jogo. Muitos dos nossos jogadores lesionaram-se, incluindo eu, que tive problemas num joelho. Sofremos, mas agora podemos festejar. Estou orgulhoso e feliz."

Czesław Michniewicz, seleccionador da Polónia, em declarações ao UEFA.com: "É uma noite especial não só para mim, mas para todo o futebol polaco. Não podemos esquecer que alguns dos nossos jogadores têm, provavelmente, a sua última oportunidade de jogar num Mundial e estou muito feliz por eles não irem falhá-lo. Foi uma grande noite."

Janne Andersson, seleccionador da Suécia, em palavras à TV4: "Estou muito desapontado. Tivemos o jogo ao nosso alcance e não conseguimos. Criámos oportunidades, mas não marcámos. Até ao penálti tivemos o jogo controlado, mas é preciso aproveitar as oportunidades de que dispomos."

Zlatan Ibrahimović, avançado da Suécia, à TV4: "Estamos todos muito decepcionados, é normal quando se perde. Queríamos estar no Campeonato do Mundo mas infelizmente isso não vai acontecer."

Estatísticas-chave

  • O penálti de Lewandowski foi o primeiro golo marcado pela Polónia em casa contra a Suécia, isto após ter perdido os três encontros anteriores sem marcar.
  • O golo 75 pela selecção colocou o capitão polaco no terceiro lugar da lista de melhores marcadores europeus de sempre, empatado com Sándor Kocsis e atrás apenas de Ferenc Puskás (84) e Cristiano Ronaldo (115).