O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Qualificação Europeia: França e Bélgica confirmam apuramento para o Mundial

Kylian Mbappé marcou quatro golos e ajudou a campeã França qualificar-se para o Mundial, no qual também vai estar a Bélgica.

Kylian Mbappé festeja uma noite histórica pela França
Kylian Mbappé festeja uma noite histórica pela França Icon Sport via Getty Images

Bélgica e França selaram o apuramento para a fase final do próximo Campeonato do Mundo da FIFA ao somarem, este sábado, triunfos que lhes garantem o primeiro lugar dos respectivos grupos da Qualificação Europeia, enquanto os Países Baixos deixaram fugir no Montenegro uma oportunidade de ouro para também lograrem tal feito.

Depois de Dinamarca e Alemanha terem carimbado o passaporte antes dos jogos de sábado, estão agora, assim, definidas quatro das dez vagas de apuramento directo. As restantes seis ficarão definidas na derradeira jornada dos grupos, a disputar entre domingo e terça-feira. Os segundos classificados de cada um dos três agrupamento lutarão, depois, pelas três derradeiras vagas europeias no Mundial via "play-off", nos quais terão a companhia dos dois melhores vencedores de grupos da UEFA Nations League 2020/21 que não se tenham apurado directamente para o Mundial nem tenham garantido um lugar no "play-off" através da Qualificação Europeia.

O UEFA.com resume a acção da Jornada 9.

Quem está qualificado?

Alemanha
Bélgica
Dinamarca
França

Resultados de sábado

Grupo D: Bósnia e Herzegovina 1-3 Finlândia, França 8-0 Cazaquistão
Grupo G: Noruega 0-0 Letónia, Turquia 6-0 Gibraltar, Montenegro 2-2 Países Baixos
Grupo E: Bélgica 3-1 Estónia, País de Gales5 1- Bielorrússia

Mbappé marca quatro e França sela apuramento

Resumo: França 8-0 Cazaquistão
Resumo: França 8-0 Cazaquistão

Golos aos seis, 12 e 32 minutos valeram a Kylian Mbappé o seu primeiro "hat-trick" pela França, que selou a passagem à fase final do Campeonato do Mundo com uma categórica vitória sobre o Cazaquistão. Karim Benzema bisou depois do intervalo, antes de Adrien Rabiot e Antoine Griezmann, de penálti, elevarem o marcador para 7-0.

Mas, não satisfeito por se tornar no primeiro jogador a marcar três golos pela França num jogo não amigável desde que Dominique Rocheteau o fez em 1985, Mbappé ainda marcou o seu quarto golo da noite, fixando o resultado em 8-0. Nenhum jogador marcada quatro golos num só jogo pela principal selecção gaulesa desde Just Fontaine, no jogo de atribuição do terceiro lugar do Mundial de 1958.

Bélgica carimba apuramento, Países Baixos não

Resumo: Montenegro 2-2 Países Baixos
Resumo: Montenegro 2-2 Países Baixos

Christian Benteke, Yannick Carrasco e Thorgan Hazard marcaram no triunfo por 3-1 sobre a Estónia que permitiu á Bélgica garantir o primeiro lugar no Grupo E, mas os Países Baixos deixaram fugir a possibilidade de imitar o seu país vizinho e garantir, também eles, o apuramento com uma jornada ainda por disputar.

Depois de ver a Noruega empatar 0-0 com a Letónia, a selecção "laranja" podia assegurar o primeiro lugar do Grupo G se vencesse no Montenegro e tal parecia certo quando Memphis Depay bisou e chegou aos 11 golos nesta fase de apuramento, com um golo de penálti e outro de calcanhar. Mas os pupilos de Louis van Gaal viram a vitória fugir nos minutos finais, com Ilija Vukotić e Nikola Vujnović a marcarem para Montenegro e a ditarem um embate decisivo entre Países Baixos e Noruega na derradeira ronda.

Outros destaques

Resumo: Turquia 6-0 Gibraltar
Resumo: Turquia 6-0 Gibraltar

  • Ainda no Grupo G, esses dois empates tornaram bem doce para a Turquia o triunfo que alcançou por 6-0 frente a Gibraltar. A selecção orientada por Stefan Kuntz, que viu o adversário reduzido a dez jogadores logo aos 23 minutos, subiu ao segundo lugar no grupo e uma vitória no Montenegro, na derradeira jornada, coloca-a na fase final.
  • Gareth Bale chegou aos 100 jogos pelo País de Gales, que venceu confortavelmente na Bielorrússia. Bale não marcou, mas fez a assistência para um dos golos da sua selecção num expressivo triunfo por 5-1. O País de Gales tem já assegurado um lugar no "play-off", seja como segundo classificado do Grupo E ou graças à sua classificação na UEFA Nations League.

Resultados de sexta-feira

Grupo C: Itália 1-1 Suíça, Irlanda do Norte 1-0 Lituânia
Grupo F: Áustria 4-2 Israel, Dinamarca 3-1 Ilhas Faroé, República da Moldávia 0-2 Escócia
Grupo I: Andorra 1-4 Polónia, Inglaterra 5-0 Albânia, Hungria 4-0 San Marino

Inglaterra no controlo

Resumo: Inglaterra 5-0 Albânia
Resumo: Inglaterra 5-0 Albânia

Os três golos de Harry Kane ajudaram a Inglaterra a garantir um dos dois primeiros lugares graças a uma exibição demolidora na primeira parte. O capitão dos Três Leões marcou de cabeça, com o pé esquerdo e com o pé direito pouco antes do intervalo e fez um "hat-trick" perfeito. Antes, Harry Maguire tinha inaugurado o marcador e Jordan Henderson dilatado a vantagem, após assistência de Kane. Myrto Uzuni desperdiçou a melhor ocasião da noite para os visitantes, disparando rasteiro na direcção de Jordan Pickford depois de aproveitar um mau passe atrasado de Kyle Walker, poucos minutos após o primeiro golo da Inglaterra. As ténues esperanças de qualificação da Albânia esfumaram-se com esta derrota e o triunfo da Polónia.

Grupo C em aberto

Resumo: Itália 1-1 Suíça
Resumo: Itália 1-1 Suíça

Ambas as equipas vão para a décima jornada ainda com hipóteses de terminar em primeiro lugar do Grupo C, após novo empate Roma. Um remate portentoso de Silvan Widmer deu vantagem aos visitantes, mas o cabeceamento de Giovanni Di Lorenzo ditou o empate ao intervalo. Jorginho podia ter decidido a contenda a um minuto do fim, mas na marcação de um penálti rematou por cima. Os países continuam em igualdade pontual e separados por apenas dois golos, com a Itália a liderar com uma curta margem de diferença.

Contas do apuramento

Outros destaques

Resumo: Moldávia 0-2 Escócia
Resumo: Moldávia 0-2 Escócia
  • Nathan Patterson finalizou uma boa jogada e Che Adams marcou o segundo tento escocês, que permitiram à equipa de Steve Clarke impressionar frente à República da Moldávia e garantir um dos dois primeiros lugares do grupo e a presença no "play-off" de uma competição de selecções a partir da fase de grupos pela primeira vez desde o UEFA EURO 2004.
  • Ainda no Grupo F, a Dinamarca, já qualificada, manteve o registo perfeito frente às Ilhas Faroé, com nove vitórias em nove jogos. No entanto, sofreu o primeiro golo da sua campanha (GM30 GS1).

Resultados de quinta-feira

Grupo A: Azerbaijão 1-3 Luxemburgo, República da Irlanda 0-0 Portugal
Grupo B: Geórgia 2-0 Suécia, Grécia 0-1 Espanha
Grupo H: Rússia 6-0 Chipre, Malta 1-7 Croácia, Eslováquia 2-2 Eslovénia
Grupo J: Arménia 0-5 Macedónia do Norte, Alemanha 9-0 Liechtenstein, Roménia 0-0 Islândia

Nulo coloca Portugal no topo

Resumo: República da Irlanda 0-0 Portugal
Resumo: República da Irlanda 0-0 Portugal

Apesar da igualdade a zero na República da Irlanda, Portugal assumiu a liderança do Grupo A em igualmente pontual com a Sérvia, antes do confronto decisivo de domingo entre ambos os países, em Lisboa, bastando-lhe um empate para confirmar a posição cimeira fruto da melhor diferença de golos nesta altura e porque empatou 2-2 na Sérvia em Março. Em Dublin, depois de uma primeira etapa menos conseguida por parte dos comandados de Fernando Santos, Cristiano Ronaldo esteve perto de marcar pelo menos em três ocasiões no segundo tempo mesmo depois da expulsão de Pepe por duplo cartão amarelo, perto do fim, situação que impedirá o jogador mais velho de sempre a representar Portugal de participar no encontro final.

Espanha com triunfo importante na Grécia

Resumo: Grécia 0-1 Espanha
Resumo: Grécia 0-1 Espanha

A Espanha só precisa de evitar a derrota na recepção de domingo à Suécia para terminar no primeiro lugar no Grupo B, isto depois de ter deitado por terra, em definitivo, as aspirações da Grécia em chegar aos dois primeiros lugares do grupo graças a uma grande penalidade convertida por Pablo Sarabia. Foi o primeiro golo de penálti da Espanha em fases de apuramento para o Campeonato do Mundo desde Outubro de 2009. A derrota condena a Grécia ao terceiro lugar no grupo, independentemente do resultado que alcançar em casa diante do Kosovo, também no domingo.

Goleada mantém Rússia no topo

Resumo: Rússia 6-0 Chipre
Resumo: Rússia 6-0 Chipre

A Rússia vai garantir um lugar na fase final do Mundial se não perder na Croácia no domingo, depois de somar uma vitória categórica em casa frente a Chipre. Ao intervalo, apenas um golo de Aleksandr Erokhin separava as duas equipas, mas depois a selecção russa marcou por três vezes no espaço de sete minutos, por intermédio de Fedor Smolov, Andrey Mostovoy e Aleksey Sutormin, garantindo uma vantagem confortável, antes de Anton Zabolotny e Erokhin fecharem a contagem já perto do fim.

Outros destaques

  • O veterano Zlatan Ibrahimović voltou a ser titular pela Suécia aos 40 anos, mas tanto ele como a sua selecção acabaram surpreendidos pelos dois golos marcados por Khvicha Kvaratskhelia, numa vitória histórica da Geórgia que complica o apuramento directo dos suecos no Grupo B.
  • A Macedónia do Norte continua na luta por chegar pela primeira vez ao Campeonato do Mundo apºos a goleada por 5-0 na Arménia. Aleksandar Trajkovski abriu a contenda e Enis Bardi fez o segundo golo antes do intervalo antes de assinar um "hat-trick" com dois penáltis.
  • A Croácia e a já qualificada Alemanha conseguiram goleadas perante Malta e Liechtenstein, respectivamente. Lovro Majer assinou dois dos sete tentos dos croatas em Ta' Qali, enquanto Leroy Sané e Thomas Müller também bisaram nos novo golos apontados pelos germânicos em Wolfsburgo.
Classificações