"Play-off" do EURO 2020: antevisão das meias-finais

O UEFA.com resume os oito embates das meias-finais, todas agendadas para 8 de Outubro.

Jogadores da Sérvia treinam na Noruega
Jogadores da Sérvia treinam na Noruega NTB/AFP via Getty Images

Dezasseis equipas participam no novos "play-off" da competição na luta pelos últimos quatro lugares disponíveis para o UEFA EURO 2020. As oito meias-finais terão lugar na quinta-feira, 8 de Outubro, enquanto as quatro finais estão marcadas para 12 de Novembro. O UEFA.com analisa a primeira série de jogos.

Conheça os 20 países qualificados

Caminho A: Bulgária - Hungria (19h45)

A última presença da Bulgária numa fase final acontece em 2004. Além disso, terá de fazer melhor do que na primeira edição da UEFA Nations League se quiser seguir em frente – somou apenas uma vitória na fase de qualificação para o EURO, a única em 16 jogos. Os resultados recentes da Hungria são um pouco melhores – seis derrotas em oito jogos –, mas a sua recente vitória na Turquia, juntamente com a caminhada até aos oitavos-de-final do UEFA EURO 2016, que começou no "play-off", sugere que está pronta a ocasião.

Caminho A: Islândia - Roménia (19h45)

A Islândia foi a grande surpresa do EURO 2016 ao bater a Inglaterra rumo aos quartos-de-final. Desta vez venceu quatro dos cinco jogos em casa na fase de qualificação, por isso apresenta-se confiante neste confronto único em Reiquiavique. Por seu lado, a Roménia participou em quatro das últimas edições do EURO – apurando-se directamente da fase de grupos de qualificação –, mas tem uma história contra si, pois perdeu as duas derradeiras participações no "play-off", relativos ao Campeonato do Mundo da FIFA.

Caminho B: Bósnia e Herzegovina - Irlanda do Norte (19h45)

A Bósnia e Herzegovina caiu nesta fase nas duas últimas edições, mas tem o alento de não ter perdido em casa em nenhuma das ocasiões. Ambas as equipas têm tido dificuldades em não sofrer golos e a Irlanda do Norte encaixou 12 golos nos derradeiros quatro encontros fora, pelo que os pupilos de Ian Baraclough vão precisar de fazer melhor se pretendem garantir a presença num EURO pela segunda vez seguida.

Caminho B: Eslováquia - República da Irlanda (19h45)

Nenhum país jogou mais vezes no "play-off" do que a Irlanda, que se mostra cada vez mais competente nesta fase, pois venceu duas das últimas das quatro participações. Os irlandeses também nunca perderam fora nas edições anteriores, por isso a Eslováquia, que apenas venceu o Azerbaijão nos últimos cinco jogos em casa, está avisada. A equipa de Pavel Hapal apenas não sofreu golos em um dos seus derradeiros 11 encontros, enquanto os visitantes somam apenas 14 golos em 16 partidas – quem melhorar o seu registo tem caminho andado para o sucesso.

Guia de forma dos 20 apurados


Caminho C
: Noruega - Sérvia (19h45)

Quatro derrotas em quatro jogos do "play-off" não dão à Noruega muita esperança de marcar presença pela primeira vez, desde 2000, na fase final do EURO. No entanto, os seus resultados recentes são indiscutivelmente melhores do que os de qualquer outro participante, com apenas três derrotas em 22 jogos – e chega a esta partida após uma vitória na Irlanda do Norte, por 5-1, inspirada por Erling Haaland. A Sérvia apresenta-se numa forma semelhante e o seu talismã é Aleksandar Mitrović, autor de 12 golos nos últimos nove jogos pela selecção. Qual dos atacantes terá uma palavra decisiva em Oslo?

Caminho C: Escócia - Israel (19h45) 

É preciso voltar ao EURO '96 para encontrar a última ocasião em que a Escócia esteve presente numa fase final e o jejum desde então inclui duas eliminações nos "play-offs" seguintes. O seu adversário agora é conhecido, pois os escoceses ficaram no grupo de Israel em ambas as campanhas da UEFA Nations League. Esses confrontos deram uma vitória para cada lado 2018 e um empate em Glasgow em Setembro passado.

Caminho D: Geórgia - Bielorrússia (17h00)

Os dois países não chegaram às derradeiras etapas rumo à fase final desde a independência da União Soviética, mas a história está do lado delas. A Geórgia provou ser um osso duro de roer nos últimos anos e nem a Dinamarca nem a Irlanda conseguiram marcar em Tbilisi na qualificação para o UEFA EURO 2020. Por outro lado, a Bielorrússia tem sido um adversário complicado – o que pode funcionar a seu favor. É que perdeu oito partidas em 2017 e 2019, mas sofreu apenas uma derrota em dez jogos em 2018 e foi derrotado somente uma vez em 2020.

Caminho D: Macedónia do Norte - Kosovo (19h45) 

Os anfitriões estão em alta depois de terem terminado no terceiro lugar do seu grupo da fase de qualificação pela primeira vez na história do EURO ou do Campeonato do Mundo, tendo batido a Eslovénia e Israel em Skopje. Do outro lado, o Kosovo também tem sido uma lufada de ar fresco nos últimos dois anos, com o seu jogo ofensivo a ser recompensado com uma campanha inaugural invicta na UEFA Nations League e um lugar nos três primeiros classificados na sua estreia na qualificação para o EURO.

EURO 2020: saiba tudo


Finais do "play-off"

Quinta-feira, 12 de Novembro

Caminho A: Bulgária/Hungria - Islândia/Roménia (19h45) 
Caminho B: Bósnia e Herzegovina/Irlanda do Norte - Eslováquia/República da Irlanda (19h45)
Caminho C: Noruega/Sérvia - Escócia/Israel (por confirmar)
Caminho D: Geórgia/Bielorrússia - Macedónia do Norte/Kosovo (17h00)

O "play-off" é novidade?

Houve "play-offs" em cinco dos últimos seis apuramentos para o EURO e tudo começou com um jogo único entre os Países Baixos e a República da Irlanda, em Anfield, de acesso ao EURO '96. No entanto, o "play-off" do UEFA EURO 2020 tem um formato muito diferente. Pela primeira vez, as equipas têm de passar por mais do que uma eliminatória e, ao contrário das edições anteriores, as selecções qualificam-se através da UEFA Nations League, em vez da Qualificação Europeia.

Como funciona o "play-off"?

Os 16 vencedores dos grupos da UEFA Nations League tiveram lugar garantido no "play-off" antes da Qualificação Europeia. Se tivessem sido apurados através de seus grupos de qualificação, a vaga seria preenchida pela selecção seguinte mais bem classificada no ranking na sua liga. Caso uma liga não tivesse quatro equipas para competir (tal como a Liga A), as vagas restantes eram distribuídas a equipas de outra liga, de acordo com o ranking geral da UEFA Nations League rankings).

EURO 2020: todos os jogos


As selecções sabem quem irão jogar na fase final do EURO?

As equipas dos Caminhos B e C sabem:

• O vencedor do Caminho B vai para o Grupo E ao lado de Espanha, Suécia e Polónia
• O vencedor do Caminho C vai para o Grupo D ao lado de Inglaterra, Croácia e República Checa

Nos Caminhos A e D é mais complicado.

Se a Roménia se qualificar como vencedora do Caminho A:

• A Roménia vai para o Grupo C ao lado de Países Baixos, Ucrânia e Áustria
• O vencedor do Caminho D vai para o Grupo F ao lado de Portugal, França e Alemanha

Se Bulgária, Hungria ou Islândia se qualificarem como vencedoras do Caminho A:

• O vencedor do Caminho A vai para o Grupo F ao lado de Portugal, França e Alemanha
• O vencedor do Caminho D vai para o Grupo C ao lado de Países Baios, Ucrânia e Áustria