Dinamarca e Suíça apuradas, Itália perfeita

A Irlanda foi ultrapassada na qualificação directa e a Itália terminou com dez vitórias em outros tantos jogos.

Andreas Christensen, da Dinamarca, festeja após o apita final
Sportsfile via Getty Images

Grupo D

Gibraltar 1-6 Suíça
Triunfo tranquilo para Suíça numa partida em que garantiu um lugar no EURO 2020 e na qual Cédric Itten marcou por duas vezes ao seu segundo jogo pela selecção.

República da Irlanda Ireland 1-1 Dinamarca
A Dinamarca aguentou bem o empate que precisava para afastar a Irlanda do apuramento directo para o EURO 2020, em Dublin. Os homens Mick McCarthy vão agora disputar o “play-off”.

Grupo F

Espanha 5-0 Roménia
A Espanha terminou a qualificação em grande estilo e marcou quatro golos na primeira parte, antes do suplente Mikel Oyarzabal assinar o quinto da noite nos instantes finais da partida.

Fabián Ruiz após abrir o marcador para a Espanha
Fabián Ruiz após abrir o marcador para a EspanhaUEFA via Getty Images

Suécia 3-0 Ilhas Faroé
Mattias Svanberg marcou na sua estreia pela Suécia - já qualificada para a fase final - depois de assistir Sebastian Andersson para o primeiro golo da noite, num encontro que assinalou a despedida de Lars Olsen do comando das Ilhas Faroé.

Malta 1-2 Noruega
O primeiro golo de Malta em mais de 12 horas de não foi suficiente para evitar a nona derrota seguida frente à Noruega, terceira classificada do grupo.

Grupo J

Itália 9-1 Arménia
A Itália terminou em alta o apuramento ao conseguir dez vitórias em outros tantos jogos. Ciro Immobile e Nicolò Zaniolo marcaram nos primeiro dez minutos e acabaram o jogo com dois golos cada, enquanto Jorginho, Alessio Romagnoli e Nicolò Barella também marcaram. Federico Chiesa e o estreante Riccardo Orsolini marcaram os primeiros golos pelos “azurri”.

O quadro com o resultado final em Palermo
O quadro com o resultado final em PalermoGetty Images

Liechtenstein 0-3 Bósnia e Herzegovina
O golo de Eldar Ćivić à boca da baliza e duas finalizações de classe por parte de Armin Hodžić significam que a Bósnia e Herzegovina está apurada para o “play-off”.

Grécia 2-1 Finlândia
O primeiro tento de Kostas Galanopoulos pela Grécia completou a reviravolta vitoriosa conseguida na segunda parte pelos pupilos de John van't Schip, naquele que foi o terceiro triunfo consecutivo dos gregos.

Topo