O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Sub-21 reforçam Holanda de Van Gaal

A Holanda tem o mesmo número de jogadores que estiveram no último EURO Sub-21 e no Campeonato do Mundo de 2010, e foi exactamente isso que Louis van Gaal planeou.

Um treino da Holanda no Rio de Janeiro
Um treino da Holanda no Rio de Janeiro ©Getty Images

A última vez que Espanha e Holanda mediram forças num Campeonato do Mundo foi na final de 2010, na África do Sul. Quatro anos depois os dois países voltam a encontrar-se no jogo de estreia em 2014, em Salvador, mas muita coisa mudou do lado dos holandeses.

Louis van Gaal tem no Nordeste do Brasil apenas sete jogadores da equipa de Bert van Marwijk que foi batida por 1-0 no prolongamento pela Espanha. Convocados estão também sete elementos que no ano passado disputaram as meias-finais do Campeonato da Europa de Sub-21 que decorreu em Israel: Daley Blind, Bruno Martins Indi, Stefan de Vrij, Jordy Clasie, Leroy Fer, Georginio Wijnaldum e Memphis Depay.

A aposta nos jovens não acontece por acaso, já que no Verão passado Van Gaal autorizou o treinador dos sub-21, Cor Pot, a convocar jogadores que normalmente são chamados aos seniores, para que tivessem oportunidade de ganhar experiência em grandes competições. Van Gaal fez questão de estar em Israel para observar os jovens, explicando: "Os jovens têm a mesma importância da selecção principal. Estes ‘jong oranje’ têm oportunidade de me convencer e ganhar um lugar nos 23 convocados."

O treinador acrescentou: "Participar num Europeu como este é um passo fantástico e um grande trampolim para os jogadores. É uma etapa importante na formação de talentos e foi por isso que ajustei as minhas convocatórias. Neste Europeu defrontámos adversários fortes e também é importante ganhar experiência neste tipo de competições."

Os holandeses não evitaram uma derrota por 3-0 no último jogo da fase de grupos em Junho de 2013 com Espanha, uma equipa que contava com David de Gea na baliza e com Koke no banco de suplentes, mas Blind, Martins Indi e De Vrij – que foi poupado nesse jogo dos sub-21, devem ser titulares na sexta-feira, no jogo de estreia no Grupo B do Campeonato do Mundo. São muito jovens, mas Van Gaal já mostrou no comando de AFC Ajax, FC Barcelona e FC Bayern München que não tem receio de apostar em jogadores inexperientes.

"A minha defesa, que muitos consideram jovem e inexperiente, só sofreu cinco golos em toda a campanha de qualificação, um desempenho fantástico", destacou. "Um jogador jovem pode ser mais experiente do que um mais velho que já tenha estado em dois Mundiais. Quando o jovem joga de acordo com a minha filosofia e o mais velho não, então não tenho nada a ganhar com a sua experiência. Alguns jogadores são experientes por fazerem 100 vezes uma coisa mal."

Conteúdos relacionados