Espanha na fase final, Suíça aumenta hipóteses

A Espanha garantiu a sua presença no UEFA EURO 2020 graças a um golo tardio, ao passo que Suíça e Finlândia alcançaram triunfos vitais.

Spain's forward Rodrigo celebrates after scoring the 1-1 equaliser during the UEFA Euro 2020 Group F qualification football match Sweden v Spain in Solna, Sweden on October 15, 2019. (Photo by Jessica GOW / TT NEWS AGENCY / AFP) / Sweden OUT (Photo by JESSICA GOW/TT NEWS AGENCY/AFP via Getty Images)

Grupo D
Suíça 2-0 República da Irlanda

A Suíça, terceira classificada, ficou a um ponto do primeiro lugar, graças ao golo de Haris Seferović aos 16 minutos e um tento tardio de Edimilson Fernandes. Darren Randolph defendeu um penalty de Ricardo Rodríguez na segunda parte, após expulsão de Seamus Coleman, e agora a Irlanda tem de vencer na recepção à Dinamarca para poder estar na fase final.

Haris Seferović marcou pela Suíça
Haris Seferović marcou pela SuíçaAFP via Getty Images

Gibraltar 2-3 Geórgia

Giorgi Kvilitaia encostou à boca da baliza à beira do fim e negou a Gibraltar o seu primeiro ponto numa fase de qualificação, após uma reviravolta notável dos anfitriões. A Geórgia parecia caminhar rumo a uma vitória tranquila quando Giorgi Kharaishvili e Jaba Kankava marcaram cedo. No entanto, Gibraltar respondeu na etapa complementar. Lee Casciaro reduziu a diferença e Roy Chipolina fez o empate. Só que Kvilitaia tinha outras ideias e decidiu a partida a favor dos visitantes.

Grupo F
Suécia 1-1 Espanha

A Espanha apurou-se para a fase final do UEFA EURO 2020 de forma emocionante, com o suplente Rodrigo a finalizar um cruzamento de Fabián Ruiz aos 92 minutos, garantindo à “la roja” o ponto que necessitava. Uma Suécia vibrante parecia destinada a uma vitória importante quando Marcus Berg marcou no início da segunda parte, mas agora enfrenta uma deslocação complicada à Roménia, que está a apenas um ponto da formação nórdica.

Roménia 1-1 Noruega

Alexander Sørloth fez o empate em tempo de descontos e desferiu um rude golpe nas aspirações da Roménia aos dois primeiros lugares. A Noruega dominou a posse da bola desde o início, mas a Roménia sempre pareceu a equipa mais próxima de marcar. Rune Jarstein deteve um penalty de George Puşcaş a abrir a segunda parte, mas não conseguiu impedir Alexandru Mitriță de facturar após um mau alívio. Os três pontos pareciam garantidos para os anfitriões, mas a intervenção de Sørloth ditou que somariam apenas um.

Ilhas Faroé 1-0 Malta

O cabeceamento de Rógvi Baldvinsson na segunda parte encerrou uma série de 12 jogos seguidos sem ganhar das Ilhas Faroé, com a equipa de Lars Olsen a somar os primeiros pontos. O defesa subiu mais alto para concluir o canto de Brandur Hendriksson, materializando a pressão dos anfitriões na segunda parte, ao mesmo tempo que condenou Malta ao sétimo desaire consecutivo.

Grupo J
Liechtenstein 0-5 Itália

A Itália garantiu a nona vitória seguida e manteve o registo imaculado na fase de qualificação. O tento madrugador de Federico Bernardeschi abriu caminho para a goleada dos “azzurri”, e apesar de a equipa da casa ter criado oportunidades, os pupilos de Roberto Mancini não deram hipóteses no segundo período. Um bis de Andrea Belotti e golos de Stephan El Shaarawy e Alessio Romagnoli fizeram o resultado final.

Grécia 2-1 Bósnia e Herzegovina

As esperanças de apuramento directo da Bósnia e Herzegovina estão em risco após uma exibição decepcionante. A Grécia inaugurou o marcador aos 30 minutos, graças a Vangelis Pavlidis, que fintou um adversário e atirou a contar. Os visitantes empataram quase de imediato por intermédio de Amer Gojak, mas os anfitriões alcançaram um triunfo merecido à beira do fim, por culpa de uma infelicidade de Vladan Kovačević, que desviou a bola para a própria baliza.

A Itália venceu de forma tranquila
A Itália venceu de forma tranquilaAFP via Getty Images

Finlândia 3-0 Arménia
O primeiro golo apareceu à passagem dos 30 minutos, quando Aram Airapetyan desviou uma bola cruzada por Lassi Lappalainen mas deixou-a à disposição de Fredrik Jensen, que só teve de encostar. A atravessar um bom momento de forma, o avançado Teemu Pukki sentenciou a partida com um bis, após passes a rasgar de Joel Pohjanpalo e Rasmus Schüller.

Grupo G
Israel 3-1 Letónia

Um bis de Moanes Dabbur e o 11º golo de Eran Zahavi na qualificação mantiveram viva a esperança da equipa de Andi Herzog em apurar-se directamente. Os anfitriões dominaram em Beer Sheva, e se não fosse Pāvels Šteinbors a formação israelita podia ter vencido de forma mais dilatada. Um golo de Vladimirs Kamešs, que colocou um ponto final em 583 minutos sem facturar, foi parca consolação para a Letónia.

Topo