Portugal mais perto, checos frustram Inglaterra

O campeão bateu o Luxemburgo numa noite com vitórias também importantes para Ucrânia, França e Turquia, enquanto a Inglaterra viu adiada a qualificação.

LISBOA, PORTUGAL - OCTOBER 11: Players of Portugal celebrate the 1-0 during the UEFA Nations league match between Portugal v Luxembourg at the Estádio José Alvalade (Lisboa) on October 11, 2019 in Lisboa Portugal (Photo by Erwin Spek/Soccrates/Getty Images)
Getty Images

Grupo A

República Checa 2-1 Inglaterra
A Inglaterra podia ter-se apurado esta noite em caso de vitória e até chegou cedo ao golo, através de uma grande penalidade apontada por Harry Kane, mas a República Checa ganhou alento na luta pela qualificação ao terminar com a série de 43 jogos dos visitantes sem perder nas qualificações. Os checos empataram logo depois do tento dos ingleses por Jakub Brabec e Zdeněk Ondrášek assinalou a estreia na selecção com a obtenção do golo do triunfo, ao dar a melhor sequência ao cruzamento de Lukáš Masopust, a cinco minutos do fim. O resultado deixou a formação da casa em igualdade com a líder Inglaterra.

Montenegro 0-0 Bulgária
Montenegro e Bulgária ficaram sem hipóteses de apuramento após empatarem sem golos.

Grupo B

Portugal 3-0 Luxemburgo
O detentor do troféu ficou com quatro pontos de vantagem sobre a segunda classificada Sérvia após bater o Luxemburgo, em Lisboa. Bernardo Silva abriu a contagem na primeira parte, mas o adversário respondeu bem, mostrou-se muito compacto e até teve oportunidades para marcar. Só que o sublime chapéu de Cristiano Ronaldo, a marcar o seu golo 94 pela selecção portuguesa, e o remate certeiro de Gonçalo Guedes, pouco depois de ter entrado em campo, ajudaram a deixar confirmaram deixaram os visitantes sem hipóteses de se qualificarem.

Ucrânia 2-0 Lituânia
A Ucrânia continua firme no topo do Grupo B e ficou muito perto de garantir o apuramento graças a dois golos apontados por Ruslan Malinovskyi em cada uma das partes, o segundo num excelente livre directo. E o resultado até poderia ter sido mais dilatado, pois Taras Stepanenko e Andriy Yarmolenko tiveram remates aos ferros. Os ucranianos recebem Portugal na segunda-feira e podem festejar em caso de triunfo.

Grupo H

Islândia 0-1 França
A França somou a quarta vitória seguida na fase de qualificação e aumentou para seis pontos a vantagem sobre a terceira classificada Islândia. O 37º tento de Olivier Giroud pelos Les Bleus, numa grande penalidade marcada aos 66 minutos, fez a diferença, após Antoine Griezmann ter sido derrubado na grande área por Ari Freyr Skúlason. Blaise Matuidi ainda acertou no poste perto do fim.

Turquia 1-0 Albânia
A Turquia manteve-se no topo, em igualdade de pontos com a França, e ficou mais perto do UEFA EURO 2020 graças a um golo de Cenk Tosun apontado perto do final do encontro. O desaire deixou os albaneses a nove pontos da dupla de líderes.

Andorra 1-0 Moldávia
Os andorranos os fizeram história ao evitarem a derrota pela primeira vez numa partida de qualificação para o EURO e asseguraram os três pontos através de um tento de cabeça Marc Valdes. Radu Gînsari foi expulso por acumulação de cartões, num desafio que terminou com a séria de 56 desaires consecutivos no apuramento para esta competição. O resultado deixou igualmente a Moldávia fora da corrida ao UEFA EURO 2020.

Topo