O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Townsend brilha na vitória da Inglaterra

England 4-1 Montenegro
O estreante Andros Townsend foi a estrela da noite num encontro em que a Inglaterra ficou bem posicionada para vencer o Grupo H.

Townsend brilha na vitória da Inglaterra
Townsend brilha na vitória da Inglaterra ©Getty Images

A Inglaterra está bem colocada para assegurar o apuramento directo para o Campeonato do Mundo, no Brasil, depois de golear Montenegro em Wembley, por 4-1.

O tento de Dejan Damjanović, no minuto 71, colocou alguns nervos num encontro em que a Inglaterra parecia ter controlado, depois do sexto tento de Wayne Rooney na qualificação e de um autogolo de Branko Bošković (62). No entanto, um fantástico disparo do estreante Andros Townsend e um penalty batido por Daniel Sturridge, perto do final, colocaram um ponto final no sonho da batalhadora equipa de Branko Brnović, fustigada por lesões. O resultado revelou-se decisivo, pois a Ucrânia, segunda classificada, derrotou a Polónia em Kharkiv, mantendo o ponto de atraso para a equipa de Roy Hodgson, pelo que tudo se vai decidir na terça-feira, quando os dois conjuntos da frente disputarem a vitória no Grupo H.

Terá surpreendido muitos a decisão de Roy Hodgson em dar a titularidade a Townsend, com o talentoso jogador de 22 anos a não desiludir numa noite em que surgiu na direita. Mas seria pelo flanco esquerdo de Montenegro que a Inglaterra criaria as melhores oportunidades da primeira parte, com Leighton Baines, em duas ocasiões, a assistir Danny Welbeck, que não aproveitou.

Steven Gerrard, que igualou as 106 internacionalizações de Bobby Charlton, viu o guardião Vukašin Poleksić negar-lhe o golo, com Rooney, ainda antes do intervalo, a desperdiçar uma grande oportunidade, depois de Poleksić ter apenas sacudido o forte disparo de Townsend.

Ineficaz na primeira parte, os golos viriam a surgir logo após o recomeço. A defesa visitante não conseguiu desfazer o cruzamento de Townsend, com Rooney a finalizar, depois de defesa incompleta de Poleksić a um remate de Welbeck.

Joe Hart entrou em acção com a reacção de Montenegro, mas a Inglaterra continuava dominadora e surgiu o segundo para os da casa, quando Bošković marcou na sua própria baliza ao tentar cortar um centro de Welbeck.

Stevan Jovetić acertou na barra com um remate de longe e o Montenegro reduziria pouco depois, com Damjanović a desviar com êxito um primeiro remate de Fatos Bećiraj.

Townsend mostrou o acerto da sua escolha e descansou a Inglaterra com um golo fantástico, ao rematar colocado de fora da área, depois de ter feito recuperado a bola. Daniel Sturridge faria o resultado final, de grande penalidade, já nos descontos.