O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
A partir de 25 de Janeiro, o UEFA.com já não vai suportar o Internet Explorer.
Para obter a melhor experiência possível, recomendamos que use o Chrome, o Firefox ou o Microsoft Edge.

Espanha, Inglaterra, Rússia e Bósnia e Herzegovina apuradas

A campeã Espanha, a Inglaterra, a estreante Bósnia e Herzegovina e a Rússia garantiram o apuramento para o Mundial 2014 no Brasil, no próximo Verão, ao vencerem os respectivos grupos.

A campeã Espanha, a Inglaterra, antiga vencedora, a estreante Bósnia e Herzegovina e a Rússia garantiram o apuramento para o Campeonato do Mundo do próximo Verão, no Brasil, após carimbarem o primeiro lugar dos respectivos grupos na derradeira ronda de jogos.

Bélgica, Alemanha, Itália, Holanda e Suíça já estavam apuradas antes desta noite e vão ter a companhia de Espanha, Inglaterra, Bósnia e Herzegovina e Rússia na fase final, após terem levado a melhor sobre França, Ucrânia, Grécia e Portugal. Entretanto, Islândia e Roménia selaram também o segundo lugar dos seus grupos.

Os oito segundos classificados com o melhor registo frente ao primeiro, terceiro, quarto e quinto classificado do grupo participam no "play-off" de Novembro, cujo sorteio está agendado para as 13h00 de segunda-feira, 21 de Outubro, em Zurique. Os quatro países com o melhor coeficiente no ranking FIFA de Outubro terão estatuto de cabeça-de-série, estando os jogos marcados para 15 e 19 de Novembro.

Vencedores dos grupos: Bélgica, Itália, Alemanha, Holanda, Suíça, Rússia, Bósnia e Herzegovina, Inglaterra, Espanha (campeã)

"Play-off": Croácia, Suécia, Roménia, Islândia, Portugal, Grécia, Ucrânia, França

Sorteio da fase final do Mundial: 6 de Dezembro (16h00, hora de Portugal Continental), Bahia

Apurados: Brasil (anfitrião), Argentina, Austrália, Bélgica, Bósnia e Herzegovina, Colômbia, Costa Rica, Inglaterra, Alemanha, Irão, Itália, Japão, Holanda, Rússia, Coreia do Sul, Espanha (campeã), Suíça, Estados Unidos + 14

Quatro equipas partiram para os desafios desta noite sabendo que determinados resultados eram suficientes para marcarem presença no Brasil, e todas elas cumpriram os requisitos. O nervosismo esteve presente do lado da Bósnia e Herzegovina na Lituânia, mas Vedad Ibišević marcou a 22 minutos do fim e garantiu a estreia numa fase final. Ao mesmo tempo, e devido à diferença de golos, remeteu a Grécia para o segundo lugar do Grupo G.

A Rússia precisava apenas de um empate no Azerbaijão para vencer o Grupo F, à frente de Portugal, e o 1-1 em Baku confirmou esse desfecho. Um ponto era igualmente o necessário para a Espanha, mas esta bateu a Geórgia por 2-0 e deixou a França no segundo posto do Grupo I, enquanto a Inglaterra derrotou a Polónia pela mesma margem para vencer o Grupo H, apesar da goleada da Ucrânia sobre San Marino, por 8-0.

Cinco grupos já estavam decididos, mas em outros três o segundo lugar estava em aberto. A Islândia tinha um ponto de vantagem sobre a Eslovénia à entrada para a última jornada do Grupo E. E apesar do conjunto nórdico ter empatado 1-1 na Noruega, beneficiou do desaire da Eslovénia frente à Suíça, vencedora do grupo, por 1-0.

Entretanto, no Grupo D, a Roménia estava atrás da Turquia, devido à diferença de golos. Mas enquanto a Roménia venceu a Estónia, por 2-0, a Turquia perdeu pelo mesmo resultado na recepção à já apurada Holanda. No Grupo B, o triunfo da Dinamarca sobre Malta, por 6-0, permitiu-lhe ultrapassar a Bulgária, derrotada por 1-0 frente à República Checa, mas foi o único segundo classificado a ficar fora do "play-off".