O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Itália e Holanda são as primeiras a chegar ao Brasil

Holanda e Itália venceram, respectivamente, Andorra e a República Checa e tornaram-se nas primeiras selecções europeias a garantirem a presença no Brasil, na fase final do Campeonato do Mundo do próximo ano.

Jogos de qualificação para o Mundial - 10 de Setembro ©AFP/Getty Images

Itália e Holanda, finalista em 2010, são as primeiras selecções europeias a garantirem a presença no Campeonato do Mundo do próximo ano no Brasil, enquanto Alemanha e Suíça estão muito perto de lhes fazerem companhia, depois dos triunfos conseguidos esta terça-feira.

A Holanda, vice-campeã do Mundo em 2010, confirmou a qualificação ao bater Andorra por 2-0 e somar a sétima vitória em oito jogos do Grupo D. A Roménia, que precisava de três pontos para continuar a sonhar com o primeiro lugar do grupo, perdeu por 2-0 na recepção à Turquia. A Hungria subiu ao segundo lugar depois de golear por 5-1 a Estónia.

A Itália sofreu, mas venceu o Grupo B. Esteve a perder em Turim com a República Checa, mas conseguiu triunfar por 2-1, um resultado que levou o seleccionador checo Michal Bílek a apresentar a demissão. A Bulgária reforçou o segundo lugar ao vencer por 3-0 em Malta, embora continue pressionada pela Dinamarca, que foi à Arménia vencer por 1-0 e desforrar-se da derrota por 4-0 sofrida em Junho.

A Suíça quase que pode começar a planear a deslocação ao Brasil. Os helvéticos superaram a frustração do empate a quatro golos com a Islândia na sexta-feira, depois de deixarem escapar uma vantagem de 3-0, e foram vencer por 2-0 à Noruega com dois golos de Fabian Schär tirados a papel químico. A Islândia venceu a Albânia por 2-1 e subiu ao segundo lugar do Grupo E, obrigando a equipa de Ottmar Hitzfeld a adiar a comemoração do apuramento.

A Suécia consolidou o segundo lugar do Grupo C atrás da Alemanha com um triunfo por 1-0 no Cazaquistão, com o golo de Zlatan Ibrahimović marcado no primeiro minuto a revelar-se decisivo. Este resultado obriga a Alemanha, que foi vencer por 3-0 às Ilhas Faroé, a ter de esperar pela recepção à República da Irlanda, a 11 de Outubro, para poder confirmar o apuramento.

Portugal não jogou e a Rússia aproveitou para assumir a liderança do Grupo F com um triunfo, por 3-1, na recepção a Israel, num jogo que tinha a menos. No outro encontro, o Luxemburgo conseguiu o primeiro triunfo em casa numa qualificação para o Campeonato do Mundo em 44 tentativas, ao marcar nos minutos finais e infligir uma derrota por 3-2 à Irlanda do Norte.

A Grécia, de Fernando Santos, garantiu um dos dois primeiros lugares do Grupo G ao vencer a Letónia por 1-0. Os campeões europeus de 2004 têm os mesmos pontos da líder Bósnia e Herzegovina que, depois de perder na semana passada na recepção à Eslováquia, foi a Bratislava devolver a gentileza e vencer por 2-1.

A Ucrânia empatou 0-0 com a Inglaterra em Kiev, permitindo aos britânicos continuarem com um ponto de vantagem no primeiro lugar do Grupo H, enquanto a Polónia recuperou terreno ao golear San Marino por 5-1. A França, que estava em branco há cinco jogos, marcou quatro golos ao bater a Bielorrússia no Grupo I. A Escócia somou o segundo triunfo no Grupo A em Skopje, ao vencer a Antiga República Jugoslava da Macedónia por 2-1, e a Sérvia não sentiu dificuldades para triunfar por 3-0 no País de Gales.

Os nove vencedores dos grupos asseguram automaticamente a qualificação para a fase final no Brasil. Os oito segundos classificados com melhores registos face às selecções classificada no primeiro, terceiro, quarto e quinto lugares do seu grupo vão disputar o "play-off" em Novembro. O sorteio do "play-off" está marcado para 21 de Outubro em Zurique.