O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Cabeceamento de Høgli nega vitória albanesa

Albânia 1-1 Noruega
Tom Høgli empatou a três minutos do final, naquele que foi o primeiro remate da Noruega à baliza em Tirana.

Ervin Bulku controla a bola pressionado pelo norueguês Markus Henriksen
Ervin Bulku controla a bola pressionado pelo norueguês Markus Henriksen ©AFP/Getty Images

Um golo de Tom Høgli ao cair do pano negou à Albânia a possibilidade de liderar o Grupo E de apuramento para o Campeonato do Mundo de 2014, ao dar um ponto à Noruega em Tirana.

Valdet Rama colocara a equipa dirigida por Giovanni de Biasi em vantagem aos 41 minutos no Stadiumi Kombëtar Qemal Stafa e parecia que aquele tento seria suficiente para que a Albânia ultrapassasse a Suíça na liderança da tabela. No entanto, a Noruega e Høgli tinham outras ideias, pois, aos 87 minutos, o defesa empatou o encontro com um cabeceamento certeiro, deixando a Noruega próxima dos lugares cimeiros.

A Albânia começou a noite com nove pontos, a dois da Suíça, mas com mais dois que o seu adversário e, depois de Migjen Basha, Hamdi Salihi e Edgar Çani terem ficado perto de marcar, essa vantagem este quase a aumentar quatro minutos antes do intervalo. Rama, que fez o seu primeiro jogo na fase de apuramento, com Lorik Cana e Andi Lila suspensos e Burim Kukeli e Alban Meha lesionados, correu pelo lado esquerdo e flectiu para o meio, batendo Rune Jarstein na baliza norueguesa.

Com uma ruidosa falange de apoio – incluindo o presidente da Albânia, Bujar Nishani, e o primeiro-ministro Sali Berisha –, a Albânia esteve perto de um segundo golo a meio da segunda parte, mas, dessa vez, Jarstein estirou-se para sacudir o cabeceamento de Salihi por cima da trave. Essa defesa revelar-se-ia crucial à medida que o jogo se aproximava do fim. Høgli empatou o encontro, deixando a quarta classificada Noruega com oito pontos. Os nórdicos continuam a dois pontos da Albânia que, por sua vez, estão a um da Suíça, que recebe o Chipre no sábado.