O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Ibraimi condena Sérvia a derrota

ARJ da Macedónia 1-0 Sérvia
O penalty de Agim Ibraimi valeu a primeira vitória para o treinador Cedomir Janevski, com os anfitriões a somarem os três pontos em Skopje.

Agim Ibraimi rejubila após a marcação do golo
Agim Ibraimi rejubila após a marcação do golo ©AFP/Getty Images

A ARJ da Macedónia alcançou a sua primeira vitória no Grupo A de qualificação, com o penalty de Agim Ibraimi na segunda parte, frente a uma Sérvia reduzida a dez jogadores, em Skopje.

A vitória foi a primeira do treinador Cedomir Janevski, mas também assinalou a segunda derrota consecutiva da Sérvia, que perdeu ainda mais terreno para a dupla da frente, composta por Bélgica e Croácia, que ganhou os respectivos compromissos. Depois de uma derrota caseira frente à Croácia, na sexta-feira, Janevski efectuou sete alterações no "onze" inicial e o golo de Ibraimi, aos 59 minutos, garantiu que o risco valeu a pena.

Depois de um início vagaroso, foram os visitantes os primeiros a ameaçar. Aos 19 minutos, Dušan Tadić e Zoran Tošić combinaram, antes de o primeiro, à entrada da área, rematar ao lado. Depois, o capitão Aleksandar Kolarov ameaçou a baliza da casa, com um livre característico que falhou o alvo por centímetros. No entanto, foram os anfitriões que desperdiçaram a melhor ocasião da primeira parte, a dois minutos do intervalo, quando Mirko Ivanovski recebeu na perfeição o passe de Boban Grncarov, antes de rematar ao lado, só com Željko Brkić pela frente.

O jogo teve o seu momento decisivo aos 14 minutos da segunda parte, com o penalty. Ibraimi assistiu Feran Hasani na área, e o extremo sofreu falta de Nenad Tomović, que viu o cartão vermelho directo. Ibraimi manteve a calma e voltou a facturar, depois de já o ter feito frente à Croácia.

O treinador da Sérvia, Siniša Mihajlović fez entrar os avançados Miralem Sulejmani e Dejan Lekić, em busca do empate, que quase aconteceu por intermédio do remate poderoso de Tadić, mas Tome Pacovski resistiu na baliza dos anfitriões. A Sérvia espera retomar o caminho certo quando viajar até à Croácia, a 22 de Março, no mesmo dia em que a Macedónia recebe a Bélgica.