Kaladze retira-se da selecção

"Nada dura para sempre", disse o defesa do Génova, Kakha Kaladze, depois de tomar uma"decisão muito dura" de colocar um ponto final na carreira ao serviço da selecção da Geórgia.

Kakha Kaladze foi capitão em 50 das 84 internacionalizações pela Geórgia
Kakha Kaladze foi capitão em 50 das 84 internacionalizações pela Geórgia ©Getty Images

Kakha Kaladze, defesa do Genoa CFC, decidiu colocar um ponto final na carreira ao serviço da selecção da Geórgia. Companheiro de equipa de Miguel Veloso, Kaladze, de 33 anos, estreou-se pelo seu país em 1996 e explicou no domingo que era altura de retirar-se após capitanear a equipa em 50 das suas 84 internacionalizações.

"Nada dura para sempre", afirmou Kaladze. "Chegou a altura de deixar a selecção nacional. Foi uma decisão muito dura para mim. Dei tudo em cada jogo que fiz pela Geórgia. Na minha memória ficou o encontro em que marquei dois autogolos [na derrota em casa por 2-0 ante a Itália, em 2009]; gostaria de pedir perdão aos adeptos mais um vez por essa situação."

Kaladze jogou dez temporadas no AC Milan depois de deixar o FC Dynamo Kyiv, em 2000. Antigo defesa-central do FC Dinamo Tbilisi, ganhou três campeonatos de Itália com os "rossoneri", duas UEFA Champions League, em 2003 e 2007, a que se soma uma SuperTaça Europeia em 2007. Jogador georgiano do ano em quatro ocasiões, passou as duas últimas temporadas ao serviço do Génova.

A Geórgia, que terminou em quinto lugar o Grupo F de apuramento para o UEFA EURO 2012, com dez pontos em outros tantos encontros, vai ter a companhia de Espanha, França, Bielorrússia e Finlândia no Grupo I de qualificação para o Campeonato do Mundo de 2014.