Baždarević mantém esperança graças a golo de Džeko

Mehmed Baždarević reconhece que a Bósnia e Herzegovina pretendia outro resultado no primeiro jogo com a República da Irlanda, mas considera que está tudo em aberto para o reencontro em Dublin, na segunda-feira.

Highlights: Bosnia & Herzegovina 1-1 Republic of Ireland

"Nada está perdido", foi a mensagem deixada pelo seleccionador Mehmed Baždarević depois de a Bósnia e Herzegovina ter conseguido um empate suado, após uma má exibição, no encontro da primeira mão com a República da Irlanda.

O encontro do “play-off” disputado no estádio Bilino Polje até começou bem, com os adeptos bósnios a criarem um ambiente frenético. Todos sabiam que nada ficaria decidido na sexta-feira mas uma vitória, preferencialmente sem golos sofridos, deixaria a equipa da casa em boa posição para o reencontro em Dublin, na segunda-feira.

Os “dragões” entraram determinados e criaram algumas oportunidades no início do encontro, mas o manto de nevoeiro que caiu sobre o estádio parece ter retirado lucidez à equipa. Robbie Brady marcou um importante golo fora de casa para os irlandeses e Edin Džeko respondeu rapidamente, apontando o oitavo golo na qualificação para o UEFA EURO 2016, e estabeleceu o resultado final.

Robbie Brady depois de fazer o 1-0
Robbie Brady depois de fazer o 1-0©Sportsfile

"Não foi isto que preparámos", reconheceu Baždarević. "Não fizemos a exibição que pretendíamos. O golo do Džeko mantém-nos na luta para a segunda mão. Temos força e qualidade, mas teremos de mostrar muito mais para conseguir um bilhete para França.”

Baždarević destacou a necessidade de gerir melhor a posse de bola e o regresso de Muhamed Bešić, após castigo, deve contribuir para isso. O risco de suspensão também poderá ter condicionado cinco jogadores da Bósnia e Herzegovina em Zenica, pois sabiam que um cartão amarelo os deixaria de fora da segunda mão.

Como Baždarević alertou, a equipa vai ter de dar tudo em campo em Dublin, na segunda-feira à noite.

Topo