SSI Err
O "site" oficial do futebol europeu

Mustafa Denizli: A minha equipa de 2012

Publicado: Sexta-feira, 21 de Dezembro de 2012, 12.45CET
"Esta equipa é baseada na liberdade", foi desta forma que o antigo seleccionador turco Mustafa Denizli explicou ao UEFA.com as escolhas criteriosas que teve de fazer para a sua equipa do ano de 2012.
Mustafa Denizli: A minha equipa de 2012
Mustafa Denizli considera que a sua equipa poderia criar 15 oportunidades de golo por jogo ©Getty Images
 
Publicado: Sexta-feira, 21 de Dezembro de 2012, 12.45CET

Mustafa Denizli: A minha equipa de 2012

"Esta equipa é baseada na liberdade", foi desta forma que o antigo seleccionador turco Mustafa Denizli explicou ao UEFA.com as escolhas criteriosas que teve de fazer para a sua equipa do ano de 2012.

Mustafa Denizli foi o único treinador que conseguiu ser campeão na Turquia como treinador dos três grandes clubes de Istambul, Galatasaray AŞ, Fenerbahçe SK e Beşiktaş JK. O antigo extremo também conduziu a selecção da Turquia até aos quartos-de-final do UEFA EURO 2000 e, aos 63 anos, continua a acompanhar o futebol com paixão.

A equipa de 2012 de Denizli joga numa táctica de 4-3-3, com Mesut Özil a apoiar os dois avançados pela direita. "Esta equipa é baseada na liberdade mas, segundo esta filosofia, os jogadores têm responsabilidades individuais", explicou Denizli, que acaba de assumir o comando do Çaykur Rizespor. "Como podem ver, atrás de Messi e Ronaldo temos os melhores médios do mundo, que podem desempenhar funções ofensivas e defensivas com igual eficácia. Ronaldo é o único jogador capaz de criar perigo em jogadas pelo ar, mas isso não será um problema, pois o nosso jogo seria baseado na velocidade e nas trocas de bola. Esta equipa criaria pelo menos 15 oportunidades de golo em cada jogo".

Consulte a equipa de Denizli mais abaixo e envie a sua selecção até às 11h00 (de Portugal Continental) de sexta-feira, 4 de Janeiro.

Vote na sua Equipa do Ano de 2012

Guarda-redes: Manuel Neuer (FC Bayern München)
Neuer é o guarda-redes que mais evoluiu neste período. O alemão dá segurança ao treinador com a sua presença física e capacidade de ler o jogo.

Defesa: Philipp Lahm (FC Bayern München)
Lahm é um jogador que revela grande consistência ao serviço do Bayern e da selecção da Alemanha. Pode jogar com igual eficácia em ambos os flancos. Não tem qualquer talento excepcional, mas é um daqueles jogadores que qualquer treinador gostaria de ter na sua equipa. O rendimento de Lahm nunca é inferior a 70 por cento.

Defesa: Pepe (Real Madrid CF)
Gosto de Pepe porque é um jogador que domina a arte de defender, é rápido e forte no jogo aéreo. Gosta de subir ao ataque e isso dá cor às suas exibições. Escusado será dizer que não gosta de perder. É um jogador determinado e ambicioso.

Defesa: Thiago Silva (Paris Saint-Germain FC)
As exibições de Thiago Silva têm melhorado muito desde o tempo que passou no AC Milan. Exibe uma força e resistência impressionantes. Tem feito boas exibições na Ligue 1 e na UEFA Champions League. Talvez ainda não tenha atingido o nível de Sergio Ramos, mas isso não é importante. O Thiago Silva vai continuar a evoluir.

Defesa: Jordi Alba (FC Barcelona)
Alba superou as expectativas desde que chegou ao Barcelona e também tem jogado bem por Espanha. Acompanhei a sua evolução este ano. Perdeu alguns jogos devido a lesões, mas é muito consistente.

Médio: Yaya Touré (Manchester City FC)
Touré é um jogador indispensável nos campeões ingleses. Escolhi-o pois poderia organizar a defesa da minha equipa em conjunto com o Xavi Hernández. Também poderia escolher o Xabi Alonso para esta posição, mas prefiro o Touré, porque pensa rápido, usa bem a bola e não hesita em subir ao ataque.

Médio: Xavi Hernández (FC Barcelona)
A par de Iniesta, é um dos dois melhores médios da actualidade.

Médio: Andrés Iniesta (FC Barcelona)
Iniesta joga pela esquerda e pelo centro do terreno. A sua presença daria alguma cobertura ao Cristiano Ronaldo. O Real Madrid não tem qualquer jogador que dê esta segurança ao internacional português. Aposto que se Iniesta e Ronaldo jogassem na mesma equipa, o avançado seria ainda melhor.

Médio: Mesut Özil (Real Madrid CF)
Quem não acompanha a Liga espanhola poderia esquecer-se do alemão. É um extremo, sem dúvida, houve um momento em que o José Mourinho parece ter duvidado do Mesut e procurou alternativas, mas não demorou a recorrer a ele. Mourinho não encontrará melhor do que o Mesut. A maioria das assistências para Ronaldo foram feitas por ele.

Avançado: Lionel Messi (FC Barcelona)
Messi é um daqueles jogadores que torna o futebol bonito, apela ao lado estético do jogo.

Avançado: Cristiano Ronaldo (Real Madrid CF)
O talento de Ronaldo é bem evidente. O que mais aprecio nele actualmente é que está cada vez menos egoísta.

Mustafa Denizli falou com Türker Tozar.

Última actualização: 23-12-12 13.08CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/community/news/newsid=1909072.html#mustafa+denizli+a+minha+equipa+2012