Sub-21 em busca de um lugar na República Checa

A caminhada rumo à fase final de 2015, na República Checa, arranca esta sexta-feira, quando o País de Gales receber a Moldávia, enquanto Portugal só entra em cena em Setembro.

O País de Gales inicia a fase de qualificação para 2015, esta sexta-feira, frente à Moldávia
O País de Gales inicia a fase de qualificação para 2015, esta sexta-feira, frente à Moldávia ©FAW

As oito selecções finalistas do Campeonato da Europa de Sub-21 de 2013 estão a menos de três meses do arranque do torneio, em Israel, mas outras pensam já na próxima edição da prova, na República Checa.

A longa caminhada para a fase final de 2015 começa já esta sexta-feira, quando o País de Gales receber a República Moldava no The Racecourse Ground no arranque do Grupo 1 da fase de qualificação. Os moldavos não foram felizes na anterior campanha de apuramento, mas vão entrar na nova campanha confiantes de que se poderão estrear-se com um bom resultado fora de casa. O País de Gales falhou a presença em Israel, após somar apenas duas vitórias nos quatro jogos disputados em casa na anterior fase de qualificação, nos quais perdeu ante República Checa e Arménia. Além disso, apontou menos três golos do que o seu adversário desta sexta-feira.

Se grande parte das selecções a preparar a estreia em nova fase de qualificação vão procurar evidenciar melhorias em relação à anterior campanha, a Rússia, por seu lado, espera repetir as exibições mais recentes na tentativa de marcar presença na República Checa, em 2015. Nikolai Pisarev guiou os russos à primeira presença em fases finais, depois de vencerem o Grupo 6 com apenas uma derrota e cinco golos sofridos em seis jogos. Na terça-feira, a selecção Sub-21 russa visita Andorra, que terminou a qualificação para 2013 sem pontos e com uma diferença de golos de menos 30.

De resto, em jogo também agendado para terça-feira, a Bélgica, semifinalista em 2007, recebe o Chipre, à procura de dar seguimento às exibições promissoras protagonizadas num complicado grupo de qualificação em 2013. Os cipriotas não são presa fácil, como quatro países, entre os quais a Bósnia e Herzegovina, tiveram a infelicidade de descobrir no recente apuramento.

Uma vez mais emparelhados pelo sorteio, a Escócia defronta em casa o Luxemburgo, que procura desforrar-se das duas derrotas infligidas pelos pupilos de Billy Stark na fase de qualificação de 2013, frente aos quais sofreram um total de oito golos em dois desafios. A Islândia, entretanto, vai estrear-se diante da Bielorrússia, equipa que mostrou qualidade no anterior apuramento, ao empatar diante da Bósnia e derrotar a Grécia e o Chipre.

O Verão trará vários jogos, embora algumas das principais selecções, entre as quais Portugal (Grupo 8), França e Suíça, finalista vencida em 2011, apenas entrem em cena nesta fase de qualificação em Setembro.

Topo