Análise da equipa

Germany

Alemanha

Germany squad
NrJogadorNascimentoPos.ENGNORESPSWEGMClube
1Lena Pauels02-02-1998Guarda-redes 90120 SV Werder Bremen (GER)
2Michaela Brandenburg17-12-1997Defesa909090120 VfL Wolfsburg (GER)
3Felicitas Rauch30-04-1996Médio909090120 1. FFC Turbine Potsdam (GER)
4Joelle Wedemeyer12-08-1996Defesa909090120 VfL Wolfsburg (GER)
5Rebecca Knaak23-06-1996Defesa9090901202 Bayer 04 Leverkusen (GER)
6Rieke Dieckmann16-08-1996Médio90909057* SV Meppen (GER)
7Jasmin Sehan16-06-1997Avançado20+31+11+83* VfL Wolfsburg (GER)
8Jenny Gaugigl22-08-1996Médio 9019+120 FC Bayern München (GER)
9Nina Ehegötz22-02-1997Avançado84*71*71*1202 Bayer 04 Leverkusen (GER)
10Laura Freigang01-02-1998Avançado84*62*79*120 Pennsylvania State University (USA)
11Lea Schüller12-11-1997Médio70*909043+ SGS Essen (GER)
12Carina Schlüter08-11-1996Guarda-redes9090 Herforder SV (GER)
13Isabella Hartig12-08-1997Defesa9059*68* TSG 1899 Hoffenheim (GER)
14Johanna Tietge16-04-1996Defesa VfL Wolfsburg (GER)
15Franziska Jaser20-01-1996Defesa SC Freiburg (GER)
16Saskia Matheis06-06-1997Médio90 9037+ 1. FFC Frankfurt (GER)
17Pia-Sophie Wolter13-11-1997Médio6+19+22+77* SV Werder Bremen (GER)
18Madeline Gier28-04-1996Avançado6+28+ 63+1 SGS Essen (GER)
Pos. = Posição; GM = Golos marcados; * = Titular; + = Suplente

Seleccionadora: Maren Meinert

05/08/73

©Sportsfile


“Estou desapontada [por ter sido eliminado nas meias-finais]. Houve duas grandes equipas um grande jogo, mas um dos lados tinha de perder. Temos de felicitar a Suécia – no final mereceu vencer. Demos tudo o que tínhamos. Vamos agora olhar em frente para o próximo torneio e fazer melhor.”

Análise à equipa da Alemanha

Análise à equipa da Alemanha

  • Uma constante ameaça a partir de bolas paradas, com bom movimento no ataque à bola.
  • Mostrou flexibilidade na organização da equipa, pelo que uma substituição tinha muitas vezes impacto em cinco ou seis posições no campo.
  • Uso efectivo das substituições que tiveram influência imediata nos jogos.
  • Construção de ataque estruturada através do meio-campo, mas por vezes fácil de contrariar.
  • Usou as suas jogadoras das alas em zonas bastante adiantadas no terreno, no ataque.
  • Recuou as laterais bastante nos pontapés-de-baliza defensivos de modo a tentar puxar as atacantes adversárias e criar espaços no meio-campo.
  • Jogadoras versáteis que podiam operar em diversas funções no terreno em jogos distintos, e para mudar também no decorrer de uma partida.