O "site" oficial do futebol europeu

Apresentação

Apresentação
Relatório técnico

Apresentação

A fase final da competição em 2013/14 foi a primeira a desenrolar-se na Noruega desde que aquele país recebeu a última edição a ser disputada no escalão de Sub-18, em 2001. Apenas três selecções presentes na fase final em 2013 viajaram um ano mais tarde para a Noruega, com a campeã em título França entre os ausentes notáveis na edição deste ano, que decorreu entre 15 e 27 de Julho. Tal como em 2013, o centro de gravidade geográfico foi encontrado nas latitudes mais a Norte, com a Espanha a ser o único país a Sul dos Países Baixos em prova.

A fase final foi disputada sob uma variedade de condições climatéricas, que foram desde os temporais que desencadearam cenários dramáticos nas meias-finais à prolongada série de recordes de temperaturas altas, o que levou à introdução de "interrupções para beber água" a meio de cada metade de uma alta percentagem das partidas disputadas.

Os 15 desafios decorreram em seis estádios na região de Oslo, incluindo o Estádio Nacional Ullevaal, usado para a final. A troca das superfícies artificiais em outros cinco locais por um campo de relva natural significou que os finalistas tiveram a oportunidade de treinar em superfícies naturais durante os dois dias entre as meias-finais e a final. Os estádios em Sarpsborg e Tønsberg receberam cada um duas partidas, enquanto Strømmen e Mjøndalen foram palco de três jogos cada e a UKI Arena, em Jessheim, teve quatro embates. Todos os estádios estavam a 90 minutos, de carro, do hotel em Lillestrøm onde todas as oito delegações foram acomodadas.

©Sportsfile

Ullevaal foi um cenário excelente

Tal como se tornou hábito nos torneios de jovens da UEFA, o evento contou com sessões de formação sobre o controlo antidoping e as ameaças que constituem para as carreiras a manipulação de resultados. Uma jovem equipa de árbitros e árbitros assistentes, com idades entre os 25 e 35 anos, provenientes de países não intervenientes na fase final foi apoiada por dois árbitros noruegueses que funcionaram como o quarto elemento da equipa. Do início ao fim, a anfitriã Noruega envolveu dois internacionais noruegueses que actuaram como embaixadores da fase final do torneio: a capitã da selecção nacional feminina, Ingvild Stensland, e Stig Inge Bjornebye, antigo defesa do Rosenborg BK e Liverpool FC, 76 vezes internacional pelo seu país.

As 4054 pessoas que assistiram à final entre a Espanha e a Holanda, no Ullevall, fizeram elevar os números das assistências no evento para 12.098, o que perfez uma média de pouco mais de 800 indivíduos por partida. A final e a meia-final Noruega-Espanha foram transmitidas em directo pela Eurosport para toda a Europa.

Equipa editorial
Graham Turner
John Atkin
Phil Atkinson

Administração/coordenação
Stéphanie Tétaz

Observadores técnicos
Hope Powell
Jarmo Matikainen

Fotografias
Stephen McCarthy (Sportsfile)

Multimédia
Chris Parrott
Joe Hanshaw
Andy Reik

Gráficos
Designwerk

http://pt.uefa.com/womensunder19/season=2014/technical-report/index.html#apresentacao