O "site" oficial do futebol europeu

2016: Marie-Antoinette Katoto

Marie-Antoinette Katoto foi a melhor marcadora da prova, com seis golos, e ajudou a França a conquistar o título. O último desses golos, na final, mostrou toda a sua determinação e técnica.
2016: Marie-Antoinette Katoto
Marie Antoinette Katoto marcou seis golos na fase final ©Sportsfile

2016: Marie-Antoinette Katoto

Marie-Antoinette Katoto foi a melhor marcadora da prova, com seis golos, e ajudou a França a conquistar o título. O último desses golos, na final, mostrou toda a sua determinação e técnica.

Marie-Antoinette Katoto mostrou ser uma das jogadoras mais promissoras da França e do Paris graças à sua velocidade, talento e capacidade de concretização. Mas foi outra qualidade que lhe permitiu dar ao seu país o triunfo no Campeonato da Europa Feminino Sub-19 de 2016.

A França chegou ao intervalo da final, em Senec, a vencer a Espanha por 1-0, mas a chuva torrencial obrigou a atrasar por mais de duas horas o início do segundo tempo. O 2-0 surgiu quando Katoto acorreu a uma bola que tinha ficado presa no relvado alagado, entre uma defesa e a guarda-redes de Espanha.

Katoto foi mais rápida que as rivais e, percebendo as condições do relvado, avançou em direcção à baliza e só rematou quando percebeu que não existia o risco de a bola parar, assegurando o triunfo num jogo que terminou com 2-1 no marcador.

A sua determinação e o poderio físico foram decisivos para a França, com Katoto a explicar: "As condições meteorológicas contribuíram para o meu golo. Foram muito difíceis para todas as jogadoras, mas ajudaram ao meu golo. Estávamos muito motivadas [durante a pausa devido à chuva] e mantivemo-nos concentradas. Poderíamos ter esperado ainda mais tempo ou disputado um prolongamento, mas iríamos ganhar de qualquer forma".

Foi o sexto golo de Katoto na fase final na Eslováquia e permitiu que fosse a melhor marcadora da prova, com mais um remate certeiro em relação à holandesa Jill Roord. Katoto ajudou a França a recuperar da derrota na estreia, frente à Noruega, fazendo um "hat-trick" na goleada por 6-0 ao país organizador. Para além disso, conquistou uma grande penalidade no triunfo por 2-1 sobre a Holanda, que deu o apuramento às francesas.

Veja: A recuperação na meia-final

Nas meias-finais, Katoto voltou a brilhar como ponta-de-lança. A França estava a perder por 1-0 com a Suíça ao intervalo, mas conseguiu empatar e Katoto consumou a reviravolta com um forte remate, antes de fazer uma boa assistência que permitiu a Clara Mateo confirmar o triunfo por 3-1.

A conquista deste título foi o coroar de uma excelente época para Katoto, que já tínha vencido o título francês de juniores, depois de em Janeiro ter assinado um contrato profissional com o Paris até 2019. Realizou vários jogos pela equipa principal e marcou três golos na primeira divisão.

Plantel do Torneio
Guarda-redes: Mylène Chavas (França), Paulina Quaye (Holanda)

Defesas: Théa Greboval (França), Beatriz Beltrán (Espanha), Carmen Menayo (Espanha), Vita van der Linden (Holanda), Ashleigh Weerden (Holanda)

Médias: Sandra Hernández (Espanha), Patri Guijarro (Espanha), Grace Geyoro (França), Andrea Sánchez Falcón (Espanha), Perle Morroni (França), Michelle Hendricks (Holanda), Lucía García (Espanha)

Avançadas: Jill Roord (Holanda), Marie-Antoinette Katoto (França), Géraldine Reuteler (Suíça), Clara Mateo (França)

Última actualização: 18-08-16 13.32CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores

http://pt.uefa.com/womensunder19/history/season=2016/goldenplayer/index.html#2016+marie+antoinette+katoto