O "site" oficial do futebol europeu

2005: Elena Danilova

Elena Danilova fez parte da selecção russa goleada frente à Alemanha pelo resultado recorde de 8-0, nas meias-finais do EURO Feminino de Sub-19 em 2004, mas um ano depois desforrou-se.

2005: Elena Danilova

Elena Danilova fez parte da selecção russa goleada frente à Alemanha pelo resultado recorde de 8-0, nas meias-finais do EURO Feminino de Sub-19 em 2004, mas um ano depois desforrou-se.

Elena Danilova fez parte da selecção russa goleada frente à Alemanha pelo resultado recorde de 8-0, nas meias-finais do Campeonato da Europa de Sub-19, em 2004. Um ano depois vingou-se desse desaire.

Primeiros feitos
A avançada estreou-se nas competições europeias com 16 anos, ao serviço do FC Energy Vornezh e marcou um "hat-trick" na goleada de 13-0 frente ao ZNK Osijek, que valeu o apuramento para os quartos-de-final. Aí, Danilova voltou a facturar frente ao futuro campeão Umeå IK, numa derrota com um resultado total de 4-2. Também esteve envolvida no apuramento para as meias-finais do Europeu de Sub-19 e, um ano volvido, bisou nos três jogos de qualificação da Rússia e a ajudou a nação a apurar-se para o torneio na Hungria.

Veia goleadora
A Rússia perdeu por 4-0 com a França no jogo inaugural, mas depois encontrou o ritmo certo e Danilova não parou de marcar. Primeiro bisou na vitória da Rússia sobre a Inglaterra, por 2-1, com um dos golos a surgir nos minutos finais de penalty e depois apontou um "hat-trick" na vitória sobre a Escócia por 5-0. Seguiu-se a Alemanha e, em comparação com o que tinha acontecido um ano antes, a Rússia esteve à altura do adversário e venceu por 3-1, com mais três golos de Danilova. Esperava-a a França na final e por duas vezes a Rússia esteve em vantagem – a segunda graças a um chapéu de Danilova –, mas o jogo foi a prolongamento e só ficou decido nas grandes penalidades. Com a Rússia a perder por 4-3, faltando marcar um penalty, Danilova tomou a responsabilidade e converteu o remate. A França falhou a respectiva tentativa e a Rússia levou a melhor no sistema de "morte súbita", averbando o primeiro título europeu de selecções no período pós-soviético.

Próximo objectivo
Danilova, que provou ter mentalidade ganhadora para além de talento, contabilizou nove golos na fase final e 15 no total da competição – ambos recordes do torneio. E a avançada, agora no FC Spartak Moskva depois de ter estudado Educação Física na cidade-natal de Voronezh, ainda não está satisfeita. Marcará presença na Suíça, onde chega com dez golos marcados na fase de qualificação e também se prepara para o Campeonato do Mundo de Sub-20, a realizar em solo pátrio. De facto, deu a conhecer a sua ambição ao afirmar: "O meu objectivo é ser considerada a melhor praticante da modalidade e a Melhor Jogadora do Ano para a FIFA, pelo menos uma vez". E a irmã mais nova já representa a selecção Sub-16…

Última actualização: 18-02-12 3.29CET

http://pt.uefa.com/womensunder19/history/season=2005/goldenplayer/index.html#2005+elena+danilova