O "site" oficial do futebol europeu

2016: Caroline Siems

A calma de Caroline Siems no penalty vitorioso durante a final do EURO Feminino Sub-17, frente à Espanha, resume na perfeição uma campanha notável da defesa alemã na Bielorrússia.
por Patrick Hart
2016: Caroline Siems
A alemã Caroline Siems reage após ver a bola entrar na baliza, num penalty que deu a vitória frente à Espanha ©Sportsfile

2016: Caroline Siems

A calma de Caroline Siems no penalty vitorioso durante a final do EURO Feminino Sub-17, frente à Espanha, resume na perfeição uma campanha notável da defesa alemã na Bielorrússia.

Foi mais do que adequado caber a Caroline Siems selar o triunfo da Alemanha na final do Campeonato da Europa Feminino Sub-17 da UEFA, no desempate por grandes penalidades frente à Espanha, em Borisov.

A pequena e dinâmica lateral-esquerda tinha sido uma das protagonistas do torneio até esse momento triunfante, a 16 de Maio de 2016, e Siems esteve à altura dos acontecimentos quando cobrou a sua tentativa de forma concludente. O remate poderoso significou o 3-2 para a Alemanha e finalmente fez a diferença entre as duas melhores equipas do torneio.

Curiosamente, foi durante o empate a zero com a Itália, na segunda jornada, que Siems deu a conhecer toda a sua qualidade ofensiva. A No3, hábil com os dois pés, foi a principal ameaça atacante da Alemanha nessa tarde, com as suas subidas e remates de longe (ou mais de perto) a darem nas vistas.

As pupilas de Anouschka Bernhard, tal como as jogadoras da finalista Espanha, possuíam tanta qualidade no plantel que as laterais era parte integrante na construção do jogo ofensivo. No caso da Alemanha, a existência de uma centrocampista mais defensiva permitia a Siems, ou Sarai Linder, no flanco oposto, subirem no terreno com à-vontade. E Siems, presente em todos os jogos, assumiu essa tarefa com prazer.

Desempate por penalties na final

A jovem, que celebrou o 17º aniversário durante a fase de grupos, era uma das jogadoras mais baixas numa selecção germânica alta no global, mas compensou com uma capacidade notável para ultrapassar adversárias de várias formas. Vanessa Ziegler, Klara Bühl, Marie Müller e Tanja Pawollek contribuíram para o total de dez golos da campeã Alemanha. Ainda assim, a enérgica Siems esteve sempre em evidência, tendo a sua quota-parte de importância numa selecção de muitos talentos.

Giulia Gwinn e Janina Minge também foram bem sucedidas no desempate por penalties na Borisov-Arena, após um nulo com a Espanha em 80 minutos. No entanto, foi Siems quem mostrou maior maturidade no derradeiro teste, ajudando a Alemanha a somar o quinto título, em igual número de finais. Foi condizente com a sua prestação ao longo do torneio.

Última actualização: 08-08-16 10.16CET

http://pt.uefa.com/womensunder17/history/season=2016/goldenplayer/index.html#2016+caroline+siems