Guia do sorteio do EURO feminino: Grupo D

Quarta-feira, 19 de Julho, vai ser dia de derbies no UEFA Women's EURO 2017, com Portugal e Escócia a estrearem-se em fases finais frente às vizinhas Espanha e Inglaterra: apresentamos o Grupo D.

Francisco Neto, Anna Signeul, Marieanne Spacey e Jorge Vilda
Francisco Neto, Anna Signeul, Marieanne Spacey e Jorge Vilda ©Sportsfile
  • As equipas: Inglaterra, Escócia, Espanha, Portugal
  • Os jogos (horas de Portugal Continental):

Quarta-feira, 19 de Julho
Espanha - Portugal (Doetinchem) 17h00
Inglaterra - Escócia (Utrecht) 19h45

Domingo, 23 de Julho
Escócia - Portugal (Roterdão) 17h00
Inglaterra - Espanha (Breda) 19h45

Quinta-feira, 27 de Julho
Portugal - Inglaterra (Tilburgo) 19h45
Escócia - Espanha (Deventer) 19h45

  • Três factos a saber

• Tanto Portugal como a Escócia vão ter a sua estreia em jogos de fases finais de grandes competições femininas de selecções contra países vizinhos.

• Espanha bateu a Inglaterra por 3-2 na fase final da edição de 2013, naquele que acabou por ser o jogo decisivo do grupo, tendo igualmente derrotado a Escócia com dois golos no prolongamento no "play-off" dessa edição da prova.

• Espanha bateu Portugal por 2-0 em casa e 4-1 fora na fase de qualificação para esta fase final de 2017.

  • Reacções

Marienne Spacey, treinadora-adjunta da Inglaterra
É um excelente grupo, não é? Estamos entusiasmados por ter pela frente três países muito fortes num torneio que vai ser muito bem disputado. Pela primeira vez são 16 as selecções finalistas e o nosso grupo tem algo de especial, connosco a defrontarmos a Escócia e a Espanha a bater-se com Portugal.

©Sportsfile

Anna Signeul, seleccionadora da Escócia
Para os adeptos, o facto de o sorteio ter ditado logo a abrir um Inglaterra-Escócia é certamente entusiasmante. Espero que estejam muitos espectadores nesse jogo. Defrontámos a Espanha já por algumas vezes e trata-se de uma excelente equipa. Temos muito respeito pela Espanha, como temos também por Portugal, que esteve muito bem na qualificação, tendo mesmo derrotado a Finlândia num jogo em que esteve a perder por 2-0.

Jorge Vilda, seleccionador da Espanha
Penso que calhámos no mais equilibrado dos quatro grupos. Somos todos velhos conhecidos; defrontámos todos estes adversários recentemente e penso que será um grupo fantástico, extremamente bem disputado. Penso que qualquer grupo seria complicado, mas estamos, de facto, num grupo muito difícil. As duas selecções britânicas vão lutar, correr e procurar o contra-ataque, e depois há uma equipa como Portugal que parece mais forte a cada jogo e que dificulta sempre muito a vida aos adversários.

Francisco Neto, seleccionador de Portugal
Penso que é dos grupos mais equilibrados da fase de grupos. É um grupo com equipas fortes, principalmente a Inglaterra e a Espanha, que nós já bem conhecemos, são muito fortes, mas vamos dar o nosso melhor, como temos feito, na procura dos nossos pontos na fase de grupos. A Inglaterra ficou em terceiro no último Campeonato do Mundo, tem uma Liga e clubes muito fortes, jogadoras ao mais alto nível, e é uma equipa muito física, mas com jogadoras muito evoluídas tecnicamente. A Escócia tem muitas das suas jogadoras a jogarem nesta Liga inglesa, é uma equipa que tem melhorado a cada ano que passa e que também tem um jogo muito físico. A Espanha foi nossa adversária no grupo, é muito técnica, com jogadoras evoluídas tacticamente e uma equipa bem trabalhada. Vão ser três jogos muito complicados, mas estamos com grande ansiedade para começar o torneio e muito felizes por aqui estar. Vamos lutar a cada minuto e tentar jogar à Portugal, como temos feito.