Guia do sorteio do EURO Feminino: Grupo C

Poderá a Islândia ou as estreantes Áustria e Suíça bater a França? Essa é a questão principal no perfil do Grupo C do UEFA Women's EURO 2017.

From left, Austria coach Dominik Thalhammer, Switzerland coach Martina Voss-Tecklenburg, Iceland coach Freyr Alexandersson and France coach Olivier Echouafni during the UEFA Women's EURO Final Tournament Draw. Luxor Theatre, Rotterdam, Netherlands
From left, Austria coach Dominik Thalhammer, Switzerland coach Martina Voss-Tecklenburg, Iceland coach Freyr Alexandersson and France coach Olivier Echouafni during the UEFA Women's EURO Final Tournament Draw. Luxor Theatre, Rotterdam, Netherlands ©Sportsfile
  • As equipasFrança, Islândia, Áustria, Suíça
  • Os jogos (horas de Portugal Continental)

Terça-feira, 18 de Julho
Áustria - Suíça (Deventer) 17h00
França - Islândia (Tilburg) 19h45

Sábado, 22 de Julho
Islândia - Suíça (Doetinchem) 17h00
França - Áustria (Utrecht) 19h45

Quarta-feira, 26 de Julho
Suíça - França (Breda) 19h45
Islândia - Áustria (Roterdão) 19h45

  • Três coisas a saber

• O registo perfeito da França na caminhada para atingir as meias-finais deixa-a com um percurso recorde de 41 vitórias seguidas em grupos de fases de qualificação.

• Tanto Islândia como França caíram nos quartos-de-final em 2013.

• O derby entre Áustria e Suíça será o jogo de estreia de ambas numa fase final de um UEFA Women's EURO.

  • Reacções

Olivier Echouafni, seleccionador da França
Não consigo dizer se se trata de um sorteio bom ou mau. Só o saberemos com o andar da competição. Sabemos que vamos encontrar selecções que disputam um EURO pela primeira vez. Para nós será uma verdadeira descoberta, mas teremos de estar concentrados desde o primeiro jogo.

O treinador e França, Olivier Echouafni
O treinador e França, Olivier Echouafni©Sportsfile

Freyr Alexandersson, seleccionador da Islândia
Penso que é um sorteio difícil, mas refiro-me com isto relativamente a todos os grupos; esperava quando aqui cheguei que iríamos parar a um grupo complicado, mas a coisa boa é que conhecemos bem os adversários. A Suíça é-nos familiar dos jogos de qualificação para o Campeonato do Mundo. Quanto à França, jogámos contra ela nestes últimos anos e sabemos que elas são, provavelmente [juntamente] com a Alemanha as favoritas para a vitória final.

Dominik Thalhammer, seleccionador da Áustria
É uma grande experiência e será algo de muito grande para nós. A França é uma equipa de classe mundial, mas as restantes estão ao nosso alcance, acredito. Vamos dar o nosso melhor para tal.

Martina Voss-Tecklenburg, seleccionadora da Suíça
É um grupo emocionante, composto por equipas muito diferentes. A França está sempre entre as favoritas, mas nunca ganhou um troféu. É muito bom para nós defrontarmos um país vizinho. Depois a Islândia, que se destacou na qualificação, inspiradas na equipa masculina. Por fim a Áustria, estreante nesta competição, tal como nós. Será um grupo fascinante, com muitas jogadoras da Bundesliga. Penso que é interessante e estou muito feliz.