O "site" oficial do futebol europeu

City marca encontro com Lyon, Paris com Barcelona

Publicado: Quinta-feira, 30 de Março de 2017, 22.15CET
O Manchester City ganhou a última segunda mão dos quartos-de-final, isto após as campeãs do Lyon terem afastado o Wolfsburgo; o Paris eliminou o Bayern e defronta o Barcelona nas meias-finais.
por Paul Saffer, Aurélien Sagnier e Nicolai Lisberg
City marca encontro com Lyon, Paris com Barcelona
Manchester City comemora o golo de Lucy Bronze ©Getty Images

Fotografias

  • Kateřina Svitková & Tereza Kožárová (Slavia Praha)
  • Kateřina Svitková & Tereza Kožárová (Slavia Praha)
  • Kateřina Svitková & Tereza Kožárová (Slavia Praha)
  • Kateřina Svitková & Tereza Kožárová (Slavia Praha)
 
Publicado: Quinta-feira, 30 de Março de 2017, 22.15CET

City marca encontro com Lyon, Paris com Barcelona

O Manchester City ganhou a última segunda mão dos quartos-de-final, isto após as campeãs do Lyon terem afastado o Wolfsburgo; o Paris eliminou o Bayern e defronta o Barcelona nas meias-finais.

  • Campeão Lyon vence a repetição da final de 2016 com o Wolfsburgo e apura-se, apesar da derrota caseira
  • Paris dá a volta a desvantagem e afasta Bayern, precipitando a primeira meia-final sem equipas alemãs numa década
  • Barcelona estreia-se nas meias-finais frente ao Paris após afastar o Rosengård
  • Manchester City defende vantagem de 1-0 ante o Fortuna Hjørring na quinta-feira, e as vencedoras defrontam o Lyon
  • Compre bilhetes para a final

CRÓNICAS

  • QUINTA-FEIRA

Manchester City 1-o Fortuna Hjørring (total: 2-0)
Um chapéu, de cabeça, de Lucy Bronze no final da primeira parte garantiu às campeãs inglesas a continuação em prova, após repetir o resultado da primeira mão dos quartos-de-final frente às finalistas vencidas de 2003, da Dinamarca. A marcadora do golo da primeira mão, Carli Lloyd, esteve perto de facturar no início do jogo, antes de Caroline Rask ameaçar, por duas vezes, o empate para o Fortuna.

Porém, após o tento de Bronze na sequência de um canto de Melissa Lawley, o City raramente viu perigar o apuramento na segunda parte e eliminou pela segunda vez consecutiva um adversário dinamarquês, depois do Brøndby. As campeãs do Lyon são as adversárias do City nas meias-finais.

  • QUARTA-FEIRA

Lyon 0-1 Wolfsburg (total: 2-1)
O Lyon aproveitou a vantagem de 2-0 trazida da Alemanha, na semana passada, para atingir a sua oitava meia-final, igualando o recorde. Foi, no entanto, um jogo muito competitivo entre duas formações que apenas nas grandes penalidades decidiram a final da época passada. E foi precisamente de penalty que Caroline Graham Hansen deu esperança ao Wolfsburgo, a oito minutos do fim, após falta cometida por Kadeisha Buchanan sobre Pernille Harder.

Porém, o Lyon esteve mais perto de marcar nos últimos minutos e já nos descontos, Anna Blässe, do Wolfsburgo, foi expulsa por segundo amarelo. O Lyon pode igualar ainda o recorde de quatro títulos na competição.

©AFP/Getty Images

Paris Saint-Germain 4-0 Bayern München (total: 4-1)
Apenas pela segunda vez desde 2006/07 não há semifinalistas alemães, após o Paris anular a desvantagem da primeira mão, no Parc des Princes. As vice-campeãs de 2015 foram contrariadas por Tinja-Riikka Korpola na semana passada, mas a guarda-redes da Finlândia foi batidda logo ao quarto minuto quando Marie-Laure Delie finalizou, após um erro defensivo.

Apenas oito minutos volvidos o Paris colocou-se à frente da eliminatória, através de Cristiane, após um livre de Verónica Boquete ter sido bloqueado. Antes do intervalo surgiu o 3-0, através de Shirley Cruz Traña, que roubou a bola e fez um chapéu a Kopola. Cristane fixou o resultado através de uma extraordinária combinação com Delie, aos 52 minutos. Devido ao amarelo que viu, a defesa do Paris, Laura Georges, está suspensa para a primeira mão das meias-finais, em casa do Barcelona.

©Getty Images

Barcelona 2-0 Rosengård (total: 3-0)
O Barcelona vai defrontar o Paris no próximo mês, após qualificar-se frente a 7350 adeptos, a segunda maior assistência de sempre em casa - a primeira foi no nulo frente ao emblema parisiense, nos quartos-de-final da época passada. Após surpreender com uma vitória na Suécia, na semana passada, o Barcelona viu-se pressionado na primeira parte, com Ella Masar a acertar no poste logo a abrir.

Mas frente a um Rosengård sem a lesionada Lotta Schelin, o Barcelona reorganizou-se após o descanso e Jenni Hermoso ampliou a vantagem na eliminatória, num remate que embateu em ambos os postes, na sequência de um belo passe diagonal de Vicky Losada. O Barcelona estava na frente e conseguiu o seu segundo golo através do último remate da partida, quando Bárbara Latorre assistiu Mariona Caldentey e esta, isolada, bateu Zecira Musovic tranquilamente.

Espanha torna-se, assim, na décima nação da história a contar com um representante em meias-finais da UEGA Women's Champions League, depois de Dinamarca, Inglaterra, Finlândia, França, Alemanha, Itália, Noruega, Rússia e Suécia.

  • Meias-finais (22/23 e 29/30 de Abril)

Barcelona - Paris
Manchester City - Lyon

  • Final: 1 de Junho, Cardiff City Stadium

Última actualização: 31-03-17 11.49CET

http://pt.uefa.com/womenschampionsleague/news/newsid=2453784.html#city+marca+encontro+lyon+paris+barcelona