O "site" oficial do futebol europeu

Frankfurt conquista primeira edição

O Waldstadion revelou-se o palco perfeito para acolher a primeira final da Taça UEFA Feminina, ganha pela equipa anfitriã, o FFC Frankfurt.
Frankfurt conquista primeira edição
Birgit Prinz (1. FFC Frankfurt) ©Getty Images
 

Frankfurt conquista primeira edição

O Waldstadion revelou-se o palco perfeito para acolher a primeira final da Taça UEFA Feminina, ganha pela equipa anfitriã, o FFC Frankfurt.

O Waldstadion de Frankfurt revelou-se o palco perfeito para acolher a primeira final da Taça UEFA Feminina. Foi o último encontro disputado no recinto, com 72 anos de história, antes de ser reconstruído para acolher encontros do Campeonato do Mundo de 2006, que decorreu na Alemanha. Frente-a-frente estiveram as duas equipas mais fortes da Europa, o Umeå IK, da Suécia, e o anfitrião 1. FFC Frankfurt, ambos apostados em conquistar a honra de vencer a edição inaugural da competição.

Os organizadores realizaram um trabalho extraordinário, proporcionando uma grande atmosfera e um ambiente à altura da magnitude do acontecimento. Mais de 12 mil adeptos marcaram presença no estádio, número recorde no que ao futebol feminino de clubes diz respeito, apesar das más condições climatéricas que se faziam sentir. E a grande maioria deixou o recinto feliz, com as anfitriãs do Frankfurt a alcançarem uma merecida vitória por 2-0, graças a golos de Steffi Jones e Birgit Prinz. "Esta final foi, sem dúvida, um evento de dimensão europeia", afirmou o então Director-Executivo da UEFA, Gerhard Aigner. "Constitui, sem dúvida, algo de encorajador para os próximos anos".

Também encorajador foi o facto de equipas oriundas de 33 federações membro terem marcado presença na prova, desenhada para fazer crescer a valia da vertente feminina do futebol e oferecer às jogadoras competição extra, que ajudasse a fortalecer o nível dos grandes torneios de selecções. Foi disputada uma pré-eliminatória de qualificação antes de as equipas serem divididas em oito grupos de quatro, disputados em formato de mini-torneio, entre os meses de Setembro e Outubro de 2001. Os vencedores dos respectivos grupos rumaram aos quartos-de-final, em Março de 2002, com Umeå, HJK Helsinki, Toulouse FC e Frankfurt - todos eles campeões dos seus países - a seguirem para as meias-finais.

Nessa ronda chegaram ao fim as aventuras de HJK, eliminado pelo Umeå, e Toulouse, afastado pelo Frankfurt, o que significou que muitas das jogadoras que se haviam defrontado na final do Campeonato da Europa de 2001 ao serviço das suas selecções se iriam agora reencontrar na final da Taça UEFA Feminina. Mais uma vez foram as germânicas a levar a melhor, com Monika Staab, treinadora do Frankfurt, a afirmar: "Todas as jogadoras da minha equipa realizaram uma excelente exibição. Penso que, no final, merecemos este título, tendo em conta o que fizemos ao longo da competição". Estavam estabelecidos os padrões para o futuro da prova.

http://pt.uefa.com/womenschampionsleague/history/season=2001/index.html#frankfurt+conquista+primeira+edicao