O "site" oficial do futebol europeu

O desenvolvimento do futebol feminino em 2015

Publicado: Segunda-feira, 21 de Dezembro de 2015, 12.10CET
REVISTA ANUAL: A UEFA está empenhada no desenvolvimento do futebol feminino na Europa; saiba o que foi feito este ano no âmbito da UEFA e das federações nacionais.
por Elodie Masson
O desenvolvimento do futebol feminino em 2015
Action from the 2015 UEFA Women's Champions League final ©AFP
Publicado: Segunda-feira, 21 de Dezembro de 2015, 12.10CET

O desenvolvimento do futebol feminino em 2015

REVISTA ANUAL: A UEFA está empenhada no desenvolvimento do futebol feminino na Europa; saiba o que foi feito este ano no âmbito da UEFA e das federações nacionais.

O desenvolvimento do futebol feminino é importante para a UEFA. A Casa do Futebol Europeu trabalhou no alargamento da abrangência do futebol feminino em 2015 com base em duas iniciativas: a poder das suas competições, incluindo a UEFA Women’s Champions League e os Campeonatos da Europa Femininos de Sub-19 e Sub-17 da UEFA; e o apoio a projectos das federações nacionais através das recém-nomeadas embaixadoras do desenvolvimento do futebol feminino.

a nossa missão é promover, proteger e desenvolver o futebol europeu, o que inclui o futebol feminino
Karen Espelund

Karen Espelund, membro do Comité Executivo da UEFA e Presidente do Comité de Futebol Feminino da UEFA, comentou as competências, realizações e perspectivas da UEFA: "Na UEFA, a nossa missão é promover, proteger e desenvolver o futebol europeu, o que inclui o futebol feminino. Fizemos grandes progressos no desenvolvimento do futebol feminino em 2015. No futuro temos de continuar este bom trabalho ao nível das competições e do desenvolvimento, e contamos com o empenho e a colaboração de todos os parceiros da UEFA."

O estado do futebol feminino
Um dos papéis da UEFA é avaliar o desenvolvimento contínuo do futebol feminino. Um investigação recentemente lançada e que foi compilada pela UEFA para 2015/16 revela as principais estatísticas sobre o futebol feminino nas 54 federações nacionais. Ficámos a saber, por exemplo, que:

  • Há quase 1,2 milhões de jogadoras inscritas 
  • Existem 2.200 jogadoras profissionais, que estão distribuídas por 145 clubes em 23 países 
  • Os cinco países com mais praticantes de futebol feminino são a Inglaterra, a França, a Alemanha, a Holanda e a Suécia.

Desenvolvimento do futebol nas federações nacionais
Lançado em 2010, o Programa de Desenvolvimento do Futebol Feminino da UEFA (WFDP) visa criar oportunidades para todas as jovens e mulheres que querem jogar futebol nas suas comunidades, independentemente da sua habilidade ou talento. A UEFA apoia os melhores projectos das federações nacionais através do Programa HatTrick. Isto permitiu que uma série de projectos tenham florescido em todas as federações membros da UEFA, incluindo na Bósnia e Herzegovina, Croácia, Geórgia e Lituânia, e na Alemanha.

Novas embaixadoras
Um momento importante do ano ocorreu em Fevereiro, quando a UEFA nomeou jogadoras talentosas e carismáticas como embaixadoras para o desenvolvimento do futebol feminino. Camille Abily, Verónica Boquete, Laura Georges, Lotta Schelin e Steffi Jones foram escolhidas pelo seu passado como jogadoras e pelo compromisso na evolução do futebol feminino. Têm vindo a desempenhar este cargo desde o início de 2015, promovendo os valores da UEFA, motivando actuais e futuras jogadoras, assim como o futebol feminino.

Liderança no feminino
A UEFA está determinada a trazer mais mulheres para posições de liderança no futebol e continua empenhada no Programa de Liderança Feminina no Futebol, uma iniciativa que tem vindo a ser implementada nos últimos anos e que já beneficiou várias federações nacionais. O curso reúne mulheres que ocupam cargos de gestão no futebol por toda a Europa para que possam desenvolver as suas capacidades e aumentar a representação em cargos dirigentes, de forma a que as suas capacidades de liderança sejam reconhecidas, desenvolvidas e implementadas em toda a família do futebol europeu.

Seminários e “workshops”
Finalmente, mas não menos importante, são realizados frequentemente seminários e “workshops” de forma a melhorar conhecimentos e capacidades, como o que decorreu em Wembley, em Novembro, para avaliar o impacto que o Campeonato do Mundo Feminino do Canadá teve no desenvolvimento do futebol feminino na Europa.

Última actualização: 22-12-15 10.37CET

http://pt.uefa.com/women/womens-football-development/programme/news/newsid=2320408.html#o+desenvolvimento+futebol+feminino+2015