O "site" oficial do futebol europeu

Introdução

Introdução
Relatório técnico

Introdução

A 14ª edição da fase final do Campeonato da Europa de Sub-19 da UEFA, foi a primeira a ser disputada na Grécia, apesar de o mesmo país ter recebido o torneio final em 1995, quando a competição ainda era disputada no escalão de Sub-18.

Nessa ocasião, a Espanha bateu a Itália por 4-1 na final, disputada em Katerini. O nome dos oito finalistas em 2015 sublinhou, de novo, a natureza competitiva do futebol no escalão com menos de 19 anos, com a presença de apenas três países que estiveram presentes na Hungria, na edição anterior: Áustria, Ucrânia e a campeã em título, a Alemanha.

O alinhamento para a fase final contava apenas com quatro anteriores vencedores neste escalão, com Áustria, Rússia, Holanda e a anfitriã Grécia a desejarem gravar o seu nome no troféu pela primeira vez.

©Sportsfile

Perto de 70 mil adeptos presenciaram a fase final

Três recintos foram utilizados na fase final, disputada de 6 a 19 de Julho de 2015: Katerini, Veria e a AEL FC Arena, para o jogo em Larissa, onde para além de uma meia-final, quatro dos encontros da fase de grupos foram disputados à mesma hora. Os encontros do Grupo A e Grupo B foram disputados em dias diferentes, com cada estádio a ser utilizado em jogos de ambos os grupos.

A equipa da casa jogou uma partida em cada um dos três recintos, de modo a garantir a maior ligação possível ao público. Atentas as altas temperaturas, os jogos começaram ao final do dia e os árbitros permitiram paragens para hidratação a meio de cada parte sempre que julgado necessário. As oito delegações estavam sedeadas em dois hotéis perto da cidade costeira de Paralia.

Durante os primeiros dias da fase final, a agenda das oito selecções incluiu sessões educacionais sobre procedimentos relativos ao controlo anti-doping e sobre os perigos da viciação de resultados.

Toda a Europa pôde ver a prova em sinal aberto através do Eurosport e, em termos de assistência nos estádios, um total acumulado de 66.463 espectadores e uma média de 4431 por encontro mais do que duplicaram os números registados na Hungria, no ano anterior. A fase inaugural da prova na Grécia contou com a presença de uma delegação da federação alemã, nomeada anfitriã da fase final do torneio em 2016.

Editores
Graham Turner
Andrew Haslam

Administração/coordinação
Stéphanie Tétaz

Observadores técnicos
Stefan Majewski
László Szalai

Fotografia
Ramsey Cardy (Sportsfile)
EPO

Multimédia
Noah Broad

http://pt.uefa.com/under19/season=2015/technical-report/index.html#introducao